Polí­tica

Foto: Divulgação Prefeito eleito que atualmente é vereador na cidade poderá retornar ás atividades na Câmara Prefeito eleito que atualmente é vereador na cidade poderá retornar ás atividades na Câmara

Com base na do juiz titular da Vara Criminal de Dianópolis, Ciro Rosa de Oliveira os vereadores de Dianópolis, sudeste do Estado, Elacy Silva de Oliveira (PT), Rafael Campos de Almeida (PSD), Osvaldo Barbosa Teixeira (PMDB) e Regis Melo do PSC retornaram para suas atividades na Câmara da cidade. Melo foi eleito no último domingo como próximo prefeito da cidade. O afastamento foi determinado pela justiça em junho após suspeita de uso indevido de diárias.

A servidora da Casa de leis do município,  Adriana Reis Silva e Sousa que também foi afastada foi beneficiada também com a decisão. O Ministério Público pediu que os acusados fossem mantidos fora da Casa de Leis até o julgamento no entanto o juiz alegou que o retorno dos vereadores e da servidora não iria influenciar na ação.

Os acusados são alvo de uma operação realizada pelas polícias civil e militar que motivou inclusive busca e apreensão na Câmara da cidade e também na residência dos envolvidos.  Além da concessão de diárias indevidamente os vereadores são acusados de usarem ilegalmente o veículo oficial da Câmara. O vereador peemedebista Hagaús Neto (PMDB) é o autor da denúncia que resultou na investigação.