Polí­tica

Foto: Clayton Cristus

A deputada Josi Nunes (PMDB), durante a sessão ordinária da manhã desta terça-feira, 16, repercutiu matéria veiculada no Bom Dia Tocantins, na qual é relatada a devolução de cerca de R$ 60 milhões, advindos de recursos federais para a Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), por falta de projetos de aplicação da verba. Além disso, a deputada Solange Duailibe (PT), sugeriu a convocação do presidente da Agência, Edmundo Galdino, para prestar esclarecimentos sobre o caso.

De acordo com Josi, durante o governo de Carlos Gaguim (PMDB), quando da criação da Agência Tocantinense de Saneamento, tinha como objetivo conseguir, junto ao Governo Federal, recursos para melhorias no setor. “Eu vou estudar melhor a situação para entender o por que desta devolução de orçamento”, explicou.

Já a deputada Solange Duailibe foi além e sugeriu que seja elaborado um requerimento convocando o presidente da ATS, Edimundo Galdino, para prestar esclarecimentos aos parlamentares quanto à perda da verba. “Vamos convocá-lo para ouvir qual a justificativa para isto”, completou.

O coro ainda foi engrossado pelo deputado Sargento Aragão (PPS) que criticou a atual organização da ATS e sua gestão. “Uma agência não pode funcionar somente com gerências. Existe uma ouvidoria, com três funcionários e nenhum telefone. Como é que se ouve alguma coisa?”, criticou.

Caso seja elaborado um requerimento convocando o presidente da ATS, é possível que ele seja apresentado ainda na sessão de amanhã. Após a leitura, deverá seguir o rito regimental de tramitação e ser encaminhado à Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), da AL.