Polí­tica

O presidente da Savana Construtora e Incorporadora Ltda, Lindomar Borges, poderá comparecer à Assembleia Legislativa do Tocantins para prestar esclarecimentos sobre a paralisação de obras em unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida. Trata-se de um convite, via requerimento, de autoria do deputado Amélio Cayres (PR). A propositura foi aprovada em regime de urgência, na sessão matutina desta quarta-feira, dia  17. Segundo Cayres, as casas estão se deteriorando e muitas famílias continuam a morar em barracos.

A deputada Solange Duailibe (PT) também teve um requerimento aprovado. Ela solicita à bancada de deputados federais do Tocantins o empenho na criação de novas regras que regulamentem as pesquisas eleitorais. O objetivo é impedir a manipulação e a distorção dos dados das pesquisas que, segundo ela, têm causado desequilíbrio no processo eleitoral. 

Foram aprovados outros quatro requerimentos constantes na Ordem do Dia, de autoria do deputado Jorge Frederico (PSD). Ele solicita a reconstrução de quadras poliesportivas, pavimentação asfáltica e a  construção de hospitais nos municípios de Wanderlândia, Goiatins e Araguaina, respectivamente.

Ao todo, 41 requerimentos foram aprovados. Deles, 33 são votos de aplauso a prefeitos eleitos no último pleito. São 11 do deputado José Geraldo de Melo Oliveira (PTB), e 22 do deputado Ricardo Ayres (PMDB). As demais proposituras são de autoria dos parlamentares Toinho Andrade (PSD) e Zé Roberto (PT), e solicitam benefícios para as cidades de Porto Nacional, Barrolândia e Palmas. (Dicom/AL)