Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores, DERFRVA, com apoio dos delegados, Leão Lopes Júnior e Cassiano Ribeiro Oyama, ambos de Paraíso do Tocantins, e do comandante do Destacamento de Caseara, Sargento Cordeiro, recuperou mais um veículo finam clonado, dessa vez no município de Caseara.

De acordo com as investigações, o veículo, marca Wolksvagem, Gol, placa WVZ 8384, que foi furtado, em Palmas, no mês de agosto desse ano, estaria circulando entre Paraíso e Caseara. Diante da denúncia, o delegado Leão solicitou apoio ao sargento da PM para localizar o automóvel, que foi apreendido horas depois pela equipe da Polícia Militar, em Caseara, com a placa clonada de outro veículo com características semelhantes e com o CRLV adulterado.

Diante dos fatos, o condutor do veículo foi conduzido à delegacia, onde foi ouvido pelo delegado Cassiano, que tomou os devidos procedimentos legais. O carro, recuperado, foi devolvido ao legítimo dono, Anísio dos Santos Filho, que ao receber o veículo na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, em Palmas, agradeceu toda equipe que trabalhou para recuperar o automóvel. “Estou muito feliz e agradecido a Deus e aos policiais que não mediram esforços para localizar e recuperar o meu carro”, disse emocionado.

Ainda de acordo com a vítima, o desespero quando ele teve o carro furtado foi muito grande, pois o veículo não tinha seguro. “Quando comprei o carro eu não fiz o seguro, pois não tinha orçamento suficiente para pagá-lo. Só de prestação do carro eu pago R$ 800,00 e ter que pagar uma quantia como essa todo mês de um veículo que havia sido furtado foi muito difícil. Devido a isso, passei por um momento complicado na minha vida, mas graças a Deus agora posso voltar a sorrir novamente”, frisou Filho.

Para o delegado Reginaldo de Menezes a operação teve êxito graças ao trabalho integrado da Polícia Civil com a Polícia Militar. “A integração da Polícia Civil com a PM tem nos ajudado a desvendar diversos crimes, e dessa vez não foi diferente. Realizamos um trabalho de forma conjunta e conseguimos um resultado satisfatório, que foi a apreensão de mais um veículo que estava circulando de forma ilícita em nosso Estado”, frisou Menezes.

Ainda de acordo com o delegado os trabalhos em conjunto continuam em todo estado no sentido de desarticular o crime organizado. “Estamos atentos e vigilantes no sentido de tirar de circulação essa nova modalidade de crime que está querendo se instalar aqui no Estado, tenho certeza que com o trabalho conjunto, e com apoio do braço forte da lei, vamos conseguir tirar de circulação mais veículos que estão em situação irregular no Tocantins”, completou Reginaldo.

Outro detalhe que chamou atenção da Polícia Civil foi que a placa estava devidamente lacrada, o que não pode acontecer no caso de um veículo clonado. “Vamos começar outra investigação para identificar a empresa que fez o emplacamento do veículo, e a partir daí vamos procurar saber como, o porquê, que o carro recebeu esse lacre indevidamente”, concluiu Reginaldo.