Polí­tica

Foto: Divulgação

Passados 16 dias do processo eleitoral, o deputado Marcelo Lelis (PV), retornou às suas atividades na Assembleia Legislativa e comentou sobre sua postura com relação à nova gestão municipal que inicia a partir do dia 1º de janeiro de 2013. Mesmo sem conseguir votação para ser eleito prefeito de Palmas, Lelis conseguiu uma vitória ao eleger 12 vereadores aliados para o Legislativo Municipal.

Questionado pelo Conexão Tocantins se faria algum tipo de orientação à sua bancada aliada quanto à oposição ao prefeito eleito, Carlos Amastha (PP), o deputado frisou que irá esperar ser procurado para se manifestar junto aos vereadores eleitos. “Estou absolutamente pronto para orientar nossos vereadores no que for necessário, mas não tenho condições de chegar a dizer ‘faça isso, ou faça aquilo’”, completou.

O deputado salientou que sua base eleita para a Câmara de Palmas terá liberdade para atuar da maneira autônoma na Casa. “Todos terão autonomia total de ação”, completou.

Mesmo sem querer interferir no trabalho do Legislativo, Lelis frisou que se manterá na oposição da gestão recém-eleita para o Paço Municipal. “Não existe a possibilidade de consenso. Mas torço, neste início de mandato, que seja feito um bom mandato. E quero deixar claro que não vou desonrar os 51 mil homens e mulheres que confiaram em mim”, salientou.