Cultura

Foto: Zé Paiva

Toda a exuberância do Jalapão, Parque Nacional do Araguaia, Parque Estadual do Cantão e outras belezas naturais do Tocantins sob as lentes do premiado fotógrafo catarinense Zé Paiva poderão ser apreciadas a partir desta quinta-feira, 25, às 17h30  no hall de entrada do auditório do Palácio Araguaia no lançamento de seu livro e da exposição de fotografias “Expedição Natureza- Tocantins”. O projeto foi realizado por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, patrocinado pelas empresas Saneatins e Tractebel Energia S.A. e conta com o apoio do Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Secretaria de Estado do Meio ambiente.

Depois de 62 dias descobrindo o Tocantins com sua câmera fotográfica, Zé Paiva registrou maravilhas até então desconhecidas pela maioria dos brasileiros. Foram mais de 10 mil imagens, para que apenas 156 fizessem parte do livro e 47 compusessem exposição.

Segundo Zé Paiva, a ideia de um novo livro de arte com a temática sobre o Tocantins surgiu durante uma viagem de férias, quando visitava o estado junto com a autora de textos Adriana Dias Trevisan. “Foi amor à primeira vista! Voltamos com a ideia de fazer o livro”, conta Zé Paiva.

A partir desta sexta-feira, 26, a exposição com 47 fotos sob curadoria de Rosely Nakagawa, que ficará em exibição até dia 25 de novembro estará aberta para visitação. O livro está previsto para ser lançado também em São Paulo, Brasília e Florianópolis.

O livro é uma publicação da FM Editorial, com textos da escritora e doutora em gestão ambiental Adriana Dias, prefácio por Bené Fonteles e fotografias de Zé Paiva.

O Fotógrafo

José Luiz Martins (Zé) Paiva trocou a engenharia pela fotografia após uma longa viagem pela Europa e norte da África, em 1983. Iniciou no fotojornalismo na sucursal do jornal “O Globo”. Mudou-se, então, para Florianópolis, onde, desde 1984, dirige sua empresa. Aprimorou seus estudos em 1993 no International Center of Photography, em Nova Iorque.

Realizou exposições nas principais cidades do Brasil e recebeu diversos prêmios, entre eles o Raulino Reitz, da Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina, em 2002, e menções honrosas no International Photo Awards, em Nova Iorque, em 2005, 2006 e 2012, e no Prix de la Photographie, em Paris, em 2007. Teve fotos publicadas em dezenas de livros, revistas e calendários. Em 2004, lançou o livro Santa Catarina – Cores e Sentimentos, pela Editora Escrituras. Concebeu e coordenou o projeto Expedição Natureza Santa Catarina, que resultou no livro lançado em 2005 pela editora Letras Contemporâneas.