Saúde

Cerca de 2,5 milhões de jovens brasileiros nunca foram ao consultório odontológico, de acordo com o Conselho de Odontologia de São Paulo. Este é mais um índice preocupante que o Sesc busca amenizar. Para diminuir o número referente ao Tocantins, o Sesc disponibiliza uma clínica itinerante pelo Estado. O OdontoSesc está em Taguatinga e irá atender cerca de 450 pacientes.

Este ano, a unidade móvel de odontologia do Sesc já atendeu a unidade prisional feminina de Palmas e os municípios de Barra do Ouro e Arapoema. Só nesta última cidade, o OdontoSesc executou mais de sete mil procedimentos e 516 pessoas tiveram seus atendimentos concluídos.

Além dos atendimentos cirúrgico-restauradores, são desenvolvidas ações educativas na recepção da unidade, em escolas e creches. O projeto enfatiza, também, a capacitação dos recursos humanos locais, com vistas a garantir a disseminação das informações sobre saúde bucal. O foco é a difusão de ações de prevenção, reduzindo a instalação de doenças dessa natureza nas populações assistidas.

Saúde bucal no Brasil

O Brasil está entre os países com maior índice de problemas bucais no mundo. Segundo dados do Ministério da Saúde, 88% da população brasileira têm cárie. O número é ainda mais preocupante entre as crianças. Cerca de 60% das crianças de cinco anos de idade têm ao menos uma cárie e a média de dentes permanentes cariados nas crianças de 12 anos é de 2,8.

A saúde bucal está diretamente ligada à saúde geral em todas as idades. Portanto, é preciso ter os devidos cuidados com a boca para um organismo saudável. Manter a higiene bucal através da escovação, o uso do fio dental e creme dental com flúor, além de contar com uma alimentação saudável e balanceada, evitando o álcool e tabaco, são cuidados essenciais no combate aos problemas bucais. Essas medidas são básicas e fundamentais e devem ser acompanhadas da visita ao cirurgião-dentista periodicamente para que o tratamento da saúde bucal não seja apenas resolutivo, mas sim preventivo.