Polí­tica


A reunião da Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores do Tocantins contou com a presença de cerca de 40 pessoas, entre membros da Executiva e dirigentes de várias cidades do Estado e da capital Palmas. A reunião aconteceu na noite desta última quinta-feira, 25, na sede do Diretório Estadual do PT, em Palmas, e foi coordenada pelo presidente estadual do PT, Donizeti Nogueira. Desta reunião, resultaram três Resoluções: uma sobre balanço do processo eleitoral de 2012; outra que desautoriza manifestação de apoio das filiadas e filiados às candidaturas de outras siglas e que reafirma a posição do partido em defesa da candidatura própria ao governo do estado em 2014; e a última que fala sobre a representação apresentada à Executiva contra o prefeito de Palmas, Raul Filho.

Sobre a representação que pede a expulsão do prefeito Raul Filho, a Executiva Estadual decidiu remeter a  representação  para  outra reunião, sem data prevista ainda, acompanhada  por um membro da Executiva Nacional do Partido. “A Executiva decidiu ainda delegar ao presidente estadual a tarefa de fechar essa agenda com um integrante da Executiva Nacional do Partido. O primeiro contato deve ser feito no início da próxima semana”, afirmou.

Antes da definição sobre a representação contra o prefeito, os membros participaram de uma reunião estendida com alguns dirigentes do Partido de vários municípios do Estado, como o prefeito de Colinas do Tocantins, José Santana Neto, o ex-prefeito de Porto Nacional, Paulo Mourão, o prefeito eleito de Esperantina, professor Bina, o vereador Bismarque do Movimento e vereador eleito de Palmas, Waldson Salazar, entre outros, para fazer um balanço prévio das eleições, análise de conjuntura e para definir uma agenda para o partido para os próximos dois meses.

Um ponto de consenso entre os membros da Executiva é o projeto político de 2014. Os membros e os demais dirigentes defenderam que o Partido tenha candidatura própria para governo do Estado do Tocantins. O ponto foi conteúdo da resolução aprovada durante a reunião, que também desautoriza “toda e qualquer manifestação de apoio por parte de seus filiados e filiadas às candidaturas de outros partidos em reuniões e nos meios de comunicação”.

Quanto às eleições, a Executiva estabeleceu um prazo até dezembro deste ano, para que os diretórios municipais realizem plenárias de avaliações das eleições de 2012. A executiva também decidiu convocar uma reunião ampliada do Diretório Estadual com os  prefeitos e vice prefeitos atuais e o eleitos, deputados estaduais,  vereadores atuais e os eleitos, coordenadores de macros, membros dos conselhos Fiscal e de Ética, e, presidentes municipais, para o mês de dezembro.

Participantes

Participaram da reunião 11 dos 13 membros da Executiva Estadual, além do presidente estadual, Donizeti Nogueira, a reunião contou com a presença do líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa do Tocantins, deputado José Roberto Forzani, do vice-presidente Herlan Torres e dos secretários de Assuntos Institucionais, José Geraldo, Organização, Leontino Pereira, Sindical, Eduardo Manzano, Comunicação, Marcia Barbosa, Finanças, Elivane Silva, Movimentos Populares, Edilson Santos, além de Gilda Santos, Letícia e Paulo Mota. A secretária estadual de Mulheres, deputada Amália Santana, e os secretários de Juventude e de Combate ao Racismo, Domingos Santos e Elis Raik, respectivamente, também participaram da reunião como ouvintes.

Leia abaixo na íntegra as resoluções aprovadas pela Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores do Tocantins, durante reunião, realizada nesta última quinta-feira na sede do Diretório Estadual do PT, em Palmas

RESOLUÇÃO 01

A Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores do Tocantins reunida neste dia 25 de outubro de 2012, após um breve balanço do processo eleitoral municipal, definiu por Unanimidade de seus membros, declarar aberto o processo interno de avaliação das eleições municipais de 2012. Neste sentido resolve:

·         Orientar às direções municipais que realizem plenárias de avaliações das eleições com os filiados, durante o mês de novembro até dia 6 de dezembro;

·         Promover um encontro de prefeitos eleitos e atuais nos dias 10 e 11 de novembro de 2012;

·         Promover um encontro de vereadores eleitos e atuais, nos dias 07 e 08 de dezembro;

·         Realizar uma reunião ampliada do Diretório Estadual, com os  prefeitos e com os vice prefeitos atuais e eleitos, com os deputados estaduais,  com os vereadores atuais e os eleitos, coordenadores de macrorregionais, membros dos conselhos Fiscal e de Ética, e, presidentes municipais, nos dias 09 e 10 de dezembro

Donizeti Nogueira

Presidente Estadual do PT

RESOLUÇÃO 02

A Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores do Tocantins reunida neste dia 25 de outubro de 2012, após um breve balanço do processo eleitoral e análise da conjuntura política do nosso estado e considerando que:

Embora o processo eleitoral de 2014 ainda esteja distante, este processo deve estar permanentemente na pauta;

O PT tem um debate acumulado sobre um projeto de desenvolvimento sustentável e modelo de gestão para o nosso Estado Tocantins;

Este projeto é o instrumento de mobilização do partido para promoção da disputas de suas idéias no seio da sociedade tocantinense;

Já estão havendo reiteradas manifestações de apoios a candidaturas de outras siglas; resolve:

·         Desautorizar toda e qualquer manifestação de apoio por parte de seus filiados e filiadas às candidaturas de outros partidos em reuniões e nos meios de comunicação;

·         Que o debate sobre o assunto deve ser feita no seio do Partido, sendo assim a discussão sobre estes temas seja priorizada na reunião do Diretório Estadual a ser realizada nos dias a 09 e 10 de dezembro;

·         Que a posição do partido é de articulação e defesa da candidatura própria ao governo do estado em 2014;

Por fim, ressalta que respeitamos os desejos e aspirações das outras agremiações partidárias de defenderem suas candidaturas ao governo do estado.

Donizeti Nogueira

Presidente Estadual do PT

RESOLUÇÃO 03

A Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores do Tocantins reunida, neste dia 25 de outubro de 2012, após discutir uma questão de ordem apresentada pelo presidente estadual do PT, Donizeti Nogueira resolve:

·         Não discutir nesta reunião a representação apresentada à Executiva Estadual contra o Filiado e prefeito de Palmas, Raul Filho;

·         Remeter a análise da representação para outra reunião da Executiva Estadual, que será acompanhada  por um membro da Executiva Nacional do Partido;

·         Delegar ao Presidente Estadual do PT a tarefa de acertar a data da  reunião que discutirá a representação, com presença de um integrante da Executiva Nacional

Donizeti Nogueira

Presidente Estadual do PT