Campo

Foto: Lúcia Brito
 

Uma equipe da regional do Ruraltins de Taguatinga participa entre os dias 6 e 9 de novembro do projeto, “Defensoria Pública Quilombola”. A ação tem como objetivo visitar cinco comunidades remanescentes de quilombos, da região sudeste do Estado, para conhecer de perto a realidade de cada uma delas e de forma conjunta buscar soluções para suas principais necessidades.

De acordo com o supervisor regional do Ruraltins, José Aldir, as comunidades Lajeado, São Joaquim, Lajinha, Baião e Poço Dantas serão beneficiadas pelas ações do projeto.

“O Governo do Estado, por meio do Ruraltins é um dos parceiros nessa ação e vamos atuar dentro da área da assistência técnica e extensão rural. A ideia é melhorar a qualidade de vida das comunidades quilombolas incentivando a execução de políticas públicas”, destacou.

Projeto

O projeto “Defensoria Pública Quilombola” foi idealizado pela Defensoria Pública do Estado com o objetivo de garantir os direitos de todas as Comunidades tradicionais de origem Quilombola no âmbito do Estado do Tocantins.

Nos atendimentos que serão realizados, a Defensoria Pública vai contar com parcerias de Órgãos do Estado e Municípios integrantes de cada Comarca onde está  localizada a comunidade, além de parcerias com órgãos Federais como o INCRA, Ministério da Agricultura, Ministério Público Federal, Defensoria Pública da União, entre outros. (com informações Ascom Defensoria Pública)