Polí­cia

Foi preso nesta quarta-feira, 12, no município paulista de São José do Rio Preto, o foragido da Justiça do Tocantins, Fábio Pisone, 31 anos. O mesmo foi o autor do homicídio ocorrido em 08 de dezembro de 2007, que vitimou Vinícius Duarte de Oliveira (Vinicius Catalão), 21 anos. A equipe da 3ª Delegacia Regional de Gurupi, sob o comando da Delegada Regional Dra. Valentina Nogueira de Souza Lino, recambiará o preso o mais rápido possível para o município tocantinense.

O homicídio que chocou Gurupi aconteceu no centro da cidade, às 4h30min da madrugada do dia 08/12/2007, após uma discussão entre alguns estudantes. Naquela ocasião Fábio Pisoni, tinha 26 anos e munido de uma pistola automática calibre 22, disparou seis tiros contra um veículo Gol onde seis estudantes de agronomia estavam. Vinícius Duarte de Oliveira (Vinicius Catalão), que na época tinha 21 anos recebeu dois tiros, sendo um no coração, que o matou, e mais outro no abdômen. Um outro rapaz, que também estava no carro, levou um tiro de raspão na cabeça sofrendo ferimentos leves.

Na época Fábio Pisoni, foi preso e logo depois liberado por meio de decisão Judicial. No dia 06/ 03/2008 o pleno do mesmo Tribunal derrubou o Habeas Corpus que mantinha Fábio Pisoni em liberdade e, desde então, ele se encontrava foragido.

De acordo com a Delegada Regional da 3ª DRPC, de Gurupi, Valentina Nogueira de Souza Lino, o foragido foi preso pela Polícia Rodoviária Federal durante uma blitz na BR 153 nas imediações do município de São José do Rio Preto e, quando os policiais checaram seus documentos verificaram que havia um mandado de prisão em aberto contra Fábio Pisone, motivo pelo qual o mesmo foi preso e encaminhado à Delegacia de José Bonifácio e, posteriormente a Casa de Custódia de São José do Rio Preto onde permanecerá à disposição da polícia tocantinense.