Estado

Foto: Divulgação (E/D) Presidente do Sinsjusto Janivaldo Ribeiro, presidente da Fenajud, Valter Macedo e a diretora jurídica do Sinsjusto, Valdivia Brito (E/D) Presidente do Sinsjusto Janivaldo Ribeiro, presidente da Fenajud, Valter Macedo e a diretora jurídica do Sinsjusto, Valdivia Brito

A diretoria do Sindicato dos Servidores do Judiciário do Tocantins (Sinsjusto), representada pelo presidente, Janivaldo Ribeiro e a diretora jurídica, Valdivia Brito, participou nos dias 7 e 8 do Congresso “Para onde caminha o judiciário?” organizado pela Federação Nacional dos Servidores do Judiciário nos Estados – Fenajud e pelo Sindicato dos Servidores do Judiciário de Santa Catariana – Sinjusc, em Florianópolis. 

Na sexta-feira, 7, os representantes sindicais falaram dos principais problemas enfrentados pelos servidores em seu Estado. No sábado, 8 debateram sobre a convenção 151 da Organização Internacional do Trabalho (OIT). Neste debate falaram sobre a negociação coletiva e direito à greve e trabalho digno, previstos na convenção 151 da OIT. 

De acordo com o presidente do Sinsjusto, Janivaldo Ribeiro o congresso foi importante no sentido de que os pontos debatidos são de interesse de todo o corpo de trabalhadores do judiciário nacional. “A diretoria do Sinsjusto entende que os servidores da justiça tocantinense devem ficar atentos aos rumos do cenário político sindical nacional”, disse Ribeiro.