Estado

Foto: Divulgação

O Colégio de Procuradores do Ministério Público Estadual (MPE), em sessão solene a ser realizada nesta sexta-feira, 14, dará posse a nova Procuradora-Geral de Justiça, Vera Nilva Alvares Rocha, para o biênio 2013-2014. A solenidade acontece às 17h, na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, no auditório principal (térreo), na presença de autoridades dos três poderes.

A procuradora de Justiça Vera Nilva Álvares Rocha Lira, que atualmente é subprocuradora-geral de Justiça e Coordenadora do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Cesaf), obteve a maior votação no pleito destinado à composição da lista tríplice que concorreu ao cargo de PGJ, recebendo 74 votos, em eleição realizada em 30 de outubro. No dia 1º de novembro, foi escolhida pelo Governador José Wilson Siqueira Campos para o cargo. Vera Nilva substitui Clenan Renaut de Melo Pereira, que permaneceu no cargo no biênio 2010-2011, sendo reconduzido para o biênio 2011-2012.

Posses pela manhã

Também na sexta-feira, 14, o Colégio de Procuradores realiza duas sessões solenes, no período da manhã, a partir das 9h, para dar posses para o biênio 2012-2014. Com os atos, a Corregedoria-Geral do Ministério Público passará a ser ocupada pela Procuradora Angélica Barbosa da Silva; enquanto o Procurador Marco Antônio Alves Bezerra será reconduzido como membro do Conselho Superior do Ministério Público.

Perfil da PGJ

Natural do Estado de São Paulo, Vera Nilva Álvares Rocha Lira foi aprovada no 1º concurso para ingresso na carreira do Ministério Público do Tocantins, em janeiro de 1990, quando foi designada para a Promotoria de Justiça de Miracema do Tocantins, onde permaneceu por cerca de três anos. Nesse período, também foi Promotora de Justiça de Peixe e Pedro Afonso. Removida para Palmas, atuou na Promotoria da Fazenda Pública, sendo, em seguida, promovida ao cargo de Procuradora de Justiça em 1997. Foi Corregedora-Geral do Ministério Público por duas vezes. Teve forte atuação na área da mulher, criando o Caop da Mulher e também presidindo o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim). Coordenou os Centros Integrados do Ministério Público, órgão que congregava todos os Caops, e o Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Cesaf) e também foi Secretária do Colégio de Procuradores de Justiça por três anos. Atualmente, é coordenadora do Cesaf e Subprocuradora-Geral de Justiça.