Palmas

Foto: Divulgação

Com a finalidade de melhorar o escoamento da produção da agricultura familiar de Palmas e região, a Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Turismo, Ciência e Emprego, entrega, na próxima segunda-feira, 17, a Central de Distribuição de Alimentos dos Agricultores Familiares de Palmas. O evento será realizado às 16h, no prédio da Central, localizado na TO-050, ao lado da distribuidora da Coca-Cola.

Construída com recursos próprios na ordem R$ 101 mil reais, a Central de Distribuição de Alimentos atende às normas de higienização e segurança, possuindo capacidade para receber, em um único local, toda a produção da agricultura familiar de Palmas.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, o trabalho de seleção e logística da produção da agricultura familiar de Palmas, a ser realizado pela Central de Distribuição contribuirá para a ampliação e melhoria da qualidade dos produtos ofertados, bem como no suprimento da demanda da região.

“Os produtos recebidos serão triados, selecionados e organizados de acordo com os lotes e tipos. A partir daí serão transportados para os estabelecimentos, otimizando tempo e garantindo que os produtos cheguem até o consumidor com qualidade e pontualidade”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Fabrício Machado.

O secretário ressaltou ainda que a Central irá facilitar a entrega dos produtos advindos da agricultura familiar para a merenda escolar, conforme determinado na Lei nº 11.947, que estabelece que “no mínimo 30% da alimentação escolar seja comprada diretamente de agricultores familiares, sem licitação”.

Equipamentos

Na ocasião da inauguração do prédio será firmado convênio com o Ministério do Desenvolvimento Social – MDS, no valor de R$ 630.000,00 (seiscentos e trinta mil reais) para a aquisição de equipamentos e veículos, sendo 02 tratores e 01 caminhão, para a estruturação da logística da Central, que deverá entrar em pleno funcionamento em fevereiro.

Gestão

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico a gestão da Central de Distribuição de Alimentos será realizada de modo a fortalecer a organização de grupos solidários e a inserção econômica e social dos agricultores e suas famílias.

A Central de Distribuição de Alimentos será gerida por um Comitê Gestor composto pelo Poder Executivo e sociedade civil organizada. O Comitê será responsável direto por aprovar e validar as ações desenvolvidas, sendo este importante vetor de sustentabilidade e continuidade do projeto. (Ascop)