Ciência & Tecnologia

Foto: Divulgação

A Secretaria Estadual da Ciência e Tecnologia - SECT, será a ofertante de cursos técnicos e profissionalizantes por meio do Pronatec – Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego em 2013.

Ao todo serão 20 mil vagas distribuídas em 100 cursos técnicos e 25 cursos profissionalizantes, com carga horária que vai de 160 a 800 horas. Os  cursos são voltados para os eixos de recursos naturais e gestão de negócios.

Segundo a Secretária Estadual da Ciência e Tecnologia, Andrea Stival, a Pasta também disponibilizará cursos na modalidade a distância, por meio da Rede e-Tec Brasil. As aulas serão em ambiente virtual, mas os alunos terão toda a estrutura dos polos de EaD mantidos pela Secretaria e qualquer pessoa que esteja cursando ou que já concluiu o ensino médio poderá participar do processo seletivo dos cursos. Ao todos serão investidos cerca de R$ 70 mil, com recursos do MEC – Ministério da Educação.  As aulas estão previstas para iniciarem em 2013.

A Secretária Andrea Stival destacou a importância da parceria entre a SECT e a SEDUC - Secretaria Estadual da Educação na capitação de recursos, e levantamento dos cursos a serem ofertados pelo Programa. A Seduc será a instituição demandante, ou seja, a secretaria responsável pela articulação, cadastramento dos alunos e pelo trabalho de monitoramento do Programa.

A secretaria Estadual da Ciência e Tecnologia e da Educação promoveram recentemente reuniões em todas as diretorias Regionais de Ensino do Estado para apresentar o programa e os cursos para diretores, coordenadores e professores da Rede Publica.

Pronatec

O Pronatec é um programa do governo federal, realizado por meio do Ministério da Educação, com a finalidade de democratizar a oferta de cursos técnicos profissionalizantes no Brasil. Em 2012, o Pronatec capacitou cerca de nove mil jovens Tocantinenses.