Bastidores

Foto: Divulgação Um dos concorrentes à mesa, Lúcio Campelo (PR), confirmou que não  teve a oportunidade  de conversar com Amastha Um dos concorrentes à mesa, Lúcio Campelo (PR), confirmou que não teve a oportunidade de conversar com Amastha

O grupo de vereadores ligados ao prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP) definiu que Major Negreiros (PP), Jucelino Rodrigues (PTC) e Lúcio Campelo (PR) são os nomes que disputam a preferência para encabeçarem chapa que vai concorrer à presidência da Câmara de Palmas. A definição do nome será discutida com Amastha em reunião prevista para este próximo sábado, 29.

Vereadores estariam estranhando a falta de participação direta de Amastha nas articulações para a eleição da mesa. Um vereador do PMDB questionou o fato de apenas, segundo ele, o articulador político Tiago Andrino estar à frente das negociações. Na opinião do parlamentar eleito, Amastha deveria estar se reunindo com cada representante de seu grupo.

Outro vereador comentou que, na sua opinião, a postura do prefeito eleito demonstra que ele não está tão preocupado com a presidência da Câmara. Segundo o parlamentar, que preferiu não se identificar, a falta de contato de Amastha com os vereadores pode inclusive levar o grupo a não conseguir a maioria.

Um dos concorrentes à mesa, Lúcio Campelo (PR), confirmou que não  teve a oportunidade de conversar com Amastha ainda. “Não conversamos ainda. Ele não está participando diretamente”, disse. Desde o mês passado o prefeito eleito está com uma agenda intensa de viagens já em busca de parcerias para a Prefeitura de Palmas. Nesta quinta-feira, 28, ele esteve em Brasília no Ministério da Educação e nesta sexta-feira também está em viagem também buscando novidades para a capital.

O grupo de Amastha busca maioria para garantir a presidência, vice e os 1º, 2º e 3º secretários, cargos que compõem a mesa diretora.

O nome cogitado como favorito, segundo informações de uma fonte, é o vereador eleito Major Negreiros (PP), que teria inclusive dito que não abre mão de sua candidatura.

Além dos eleitos na base de Amastha: Negreiros, Eltinho Nordeste e  Claudemir Portugal o grupo tem apoio dos reeleitos José do Lago Folha Filho, Campelo, José Hermes Damaso, Jucelino Rodrigues, Valdemar Júnior e ainda dos novatos Waldson da Agesp do PT, Júnior Geo e Marilon Barbosa, ambos do PSB.

O grupo da oposição decidiu que terá candidato e também busca consenso para definir o nome. O grupo teria confirmado o apoio dos três peemedebistas Emerson Coimbra, Rogério Freitas  e Joel Borges, de Iratã Abreu (PSD), Joaquim Maia (PV), Cleiton Cardoso (PSL) e Gerson da Mil Coisas (PSL). (Atualizada às 10h26)