Palmas

Foto: Divulgação

Os servidores comissionados da gestão do ex-prefeito de Palmas, Raul Filho (PT), e os que ocupavam funções gratificadas foram exonerados através de decreto publicado no Diário Oficial do Município. A exoneração não foi nominal.

Os servidores destes cargos que estiverem de licença médica ou maternidade serão exonerados após o vencimento do prazo.

O decreto é da gestão do ex-prefeito Raul Filho.

O prefeito Carlos Amastha já anunciou que vai reduzir em 50% os cargos comissionados da Prefeitura de Palmas e deve anunciar ainda esta semana o concurso público do município.