Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil, por intermédio da delegacia de Bernardo Sayão, iniciou as investigações com o objetivo de localizar e prender uma quadrilha acusada de explodir e roubar o caixa eletrônico do correspondente Bradesco, do município.

Segundo informações do delegado Vinicius Mendes de Oliveira, por volta das 2h30min da madrugada do último domingo, 20, cerca de oito indivíduos fortemente armados, utilizando dois veículos, colocaram dinamite no terminal eletrônico do correspondente bancário, causando uma forte explosão que danificou partes do caixa eletrônico. Todavia, mesmo com a força do impacto, o compartimento do cofre não cedeu.

No momento em que os elementos executavam a ação criminosa, várias pessoas, que vinham de uma festa que estava sendo realizada na cidade,  caminhavam pela avenida onde o terminal está localizado. Os bandidos então começaram a disparar contra os transeuntes fazendo com que os mesmo se afastassem.

Como não conseguiram abrir o compartimento do cofre do caixa eletrônico onde se encontrava o dinheiro, os criminosos decidiram coloca-lo na caçamba de um veículo Fiat Strada e empreender fuga.. Na ação eles também renderam um casal de namorados que passava pelo local e tomaram de assalto o veículo em estavam.

Após tomar conhecimento dos fatos, a polícia militar passou a diligenciar no sentido de capturar os acusados e, algum tempo depois um Voyage de cor prata,  utilizado no crime, foi localizado abandonado na estrada que liga os povoados “Zé Preto e Dezenove”. Após o encontro do veículo, a Polícia Civil foi acionada e se deslocou até o local providenciando a perícia e os levantamentos necessários. 

Na oportunidade, foram apreendidas cápsulas das munições utilizadas pelos criminosos.  As investigações estão sendo conduzidas pela delegada Olodes Maria Oliveira Freitas, a qual juntamente com sua equipe intensificou as buscas e diligências no sentido de apurar a autoria do ilícito e recuperar a quantia roubada, que não foi divulgada pelo banco. (Ascom SSP)