Estado

Foto: Aldemar Ribeiro

Representantes de 10 municípios tocantinenses participaram de uma reunião de trabalho com representantes do Governo do Estado para discutirem as obras beneficiadas pelo PDRIS- Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado Sustentável. O evento aconteceu na sala de reuniões da Secretaria de Relações Institucionais, no Palácio Araguaia.

A reunião  contou com a participação do vice-governador, João Oliveira, no ato representando o governador Siqueira Campos, do secretário de Infraestrutura, Alexandre Ubaldo e dos prefeitos e representantes dos municípios de Marianópolis, Chapada da Natividade, Caseara, Monte Santo do Tocantins, Divinópolis, Araguacema, Abreulândia, Dois Irmãos, Miracema do Tocantins e Miranorte. 

Na ocasião os representantes dos municípios conheceram os projetos de implementação e construção das obras contempladas pelo PDRIS. “Todas as obras foram contempladas a partir da escolha da população. Essas escolhas aconteceram por meio de consulta pública”, explicou o secretário da Infraestrutura, Alexandre Ubaldo.

O PDRIS é um dos projetos que o Governo do Estado está executando para melhorar as condições das estradas tocantinenses na intenção de melhorar o acesso e o escoamento da produção do Estado. Ao todo serão investidos US$ 375 milhões. Nessa primeira etapa, serão beneficiados os 10 municípios, com um investimento na ordem de R$ 17,6 milhões, onde serão realizadas obras hidráulicas, a exemplo de pontes de até 30 metros, galerias, bueiros e gabiões.

Sobre o programa

O PDRIS possui recursos oriundos do BIRD - Banco Mundial, com recursos obtidos por meio de operações de crédito.  “O Governo está em busca de levar satisfação para o povo tocantinense, com o PDRIS, iremos fazer obras que os municípios não teriam como fazer”, destacou o Vice-Governador, João Oliveira.

Nessa primeira ação do projeto, serão aplicados US$ 73 milhões na melhoria das estradas vicinais de 72 municípios das regiões Sudoeste, Noroeste e Centro-Oeste do Estado. “O investimento veio em boa hora, pois vai melhorar a malha viária dos municípios, coisa que não tínhamos como fazer”, disse o prefeito de Chapada da Natividade, Djalma Rios.

Consórcios

O secretário Alexandre Ubaldo também destacou a transversalidade do Governo. Segundo ele, a manutenção dessas obras será facilitação com a implementação dos consórcios municipais. “Nós queremos que esses consórcios entrem em funcionamento o mais rápido possível para que os municípios possam receber patrulhas mecanizadas que facilitarão a manutenção das obras”, disse ele. (Secom)