Polí­tica

Foto: Ascom João Costa

Com a intensa movimentação de lideranças políticas presentes no Encontro Nacional de Novos Prefeitos e Prefeitas 2013, que aconteceu de 28 a 30 de janeiro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, o senador João Costa Ribeiro Filho (PPL-TO) acompanhado dos prefeitos eleitos de Tocantins esteve na última terça-feira, 29, em audiência no Ministério da Pesca e da Aquicultura com o ministro Marcelo Crivella e a secretária executiva Maria Fernanda Nince Ferreira.

A reunião foi importante para os líderes e prefeitos do estado de Tocantins tomarem conhecimento dos recursos disponibilizados para as prefeituras, ou consórcio de prefeituras, no Ministério da Pesca e Aquicultura.

Crivella explicou as enormes possibilidades do Tocantins se tornar um grande produtor de pescado e esclareceu que a melhor maneira de fortalecer a cadeia produtiva do pescado é a formação de consórcios municipais. Assim, os recursos do Ministério são otimizados, porque um mesmo laboratório, frigorífico ou conjunto de equipamentos pode atender a todos os interessados. Outro benefício é que o Ministério garante assistência técnica e crédito para a ração até o segundo ano do projeto.

“O estado do Tocantins tem extraordinário potencial para a aquicultura (cultivo de pescado). Em Lajeado por exemplo, o aproveitamento do reservatório se tornou ainda melhor para a piscicultura com a recente liberação do Ibama para a criação da espécie tambaqui em gaiolas na bacia do rio Tocantins”, disse o ministro.

Segundo a secretária do MPA, Maria Fernanda, a produção de pescado no estado também poderá ser realizada em propriedades rurais, em tanques escavados. “A atividade pesqueira gera emprego e renda em toda a sua cadeia produtiva: produção de alevinos, produção de ração, conservação, beneficiamento, distribuição e comercialização”, orientou.

“Outro aspecto positivo para a atividade é o Plano Safra da Pesca e Aquicultura, lançado pela presidente Dilma no ano passado. Ele disponibiliza mais de R$ 4 bilhões em crédito para a expansão da produção aquícola e para a modernização da pesca, visando a redução de desperdícios. Lembro que em Tocantins opera a Embrapa Pesca e Aquicultura, que também fortalece o estado como potencial produtor de pescado”, finalizou Maria Fernanda.

O senador João Costa adiantou que em breve realizará encontros regionais em Tocantins para apresentação dos projetos e ampliação da atividade. (Ascom João Costa)