Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual Sargento Aragão (PPS) passou toda manhã desta terça-feira, 5, em busca de assinaturas dos deputados para formar a bancada de oposição ao Palácio Araguaia.

No total, o documento contabilizou, com a assinatura de Aragão, oito adesões: Stalin Bucar (PR), Wanderlei Barbosa (PEN), Josi Nunes (PMDB), Manoel Queiroz (PPS), Solange Duailibe (PT), Eli Borges (PMDB) e Luana Ribeiro (PR).

Aragão conversou com 23 parlamentares, apresentou o documento e falou da necessidade de ter uma oposição atuante e que, conforme informou, “não só diverge do governo do Estado, mas que apresente propostas de melhoria para a sociedade”. O único deputado que não foi consultado foi o deputado Freire Júnior (PSDB), por estar fora da cidade.

A primeira reunião de alinhamento da bancada de oposição deve acontecer após o carnaval. “Vamos trabalhar na construção do bloco, ver a melhor linha e definir os prosseguimento das ações visando as eleições de 2014”, afirmou.