Polí­cia

Foto: Ascom SSP

Policiais Civis da Delegacia Especializada em Narcóticos – Denarc, com apoio da CIOE da Polícia Militar, realizaram, na tarde deste sábado, 16, a apreensão de aproximadamente 1,1 kg (um quilo e cem gramas) cocaína e efetuaram a prisão de Diego Domanski Felício, 27 anos, Victoria Lima da Silva Fernandes, 25 anos Luís Guilherme Albuquerque de Souza 24 anos e Kassyo Rodrigo Vilela, 23 anos de idade.

De acordo com informações do delegado Carlos Miguel Manso, titular da Denarc, os acusados já vinham sendo monitorados e investigados há algum tempo e com os mesmos foram apreendidos, além da cocaína, uma balança de precisão, 10 comprimidos de ecstasy, 100 gramas de maconha, uma arma caseira calibre 22, munições calibre 38, um carro importado Marca Audi Modelo A3 e um Ford KA, além de uma quantia em dinheiro, aparelhos de celular e computadores portáteis.

Ao serem abordados na Alameda 4 da Quadra 108 Sul, os criminosos tentaram se evadir no Ford KA, tendo que ser interceptados mediante colisão por uma das viaturas da Denarc. Nesse momento viaturas da CIOE chegaram e prestaram apoio auxiliando na prisão dos mesmos. Ao efetuar a abordagem dos acusados foram encontrados meio quilo de cocaína sendo que logo em seguida foram localizados o restante do material apreendido no interior da residência de Diego e Luís Guilherme.

Diego, Victoria, Luís Guilherme e Kassyo foram conduzidos a sede da Denarc onde foram autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, além de posse ilegal de arma de fogo. Após os trâmites legais, os acusados foram encaminhados a Casa de Prisão Provisória de Palmas – CPPP e a Unidade de Prisão Feminina de Palmas onde permanecerão a disposição do poder judiciário.

De acordo com o delegado Carlos Manso, a ação da Denarc realizada na tarde deste sábado na capital representa mais um duro golpe contra o tráfico de drogas em Palmas e demonstra que a Polícia Civil não tem medido esforços com o objetivo de diminuir ao máximo a comercialização de substâncias entorpecentes em Palmas e todo o Estado do Tocantins. “A  Denarc intensificou o combate e o enfrentamento ao tráfico e, através de ações de estratégia e inteligência não tem dado trégua aos traficantes que tentam se estabelecer no Tocantins”, pontuou o delegado. (Ascom SSP)