Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador Iratã Abreu (PSD-TO) apresentou na manhã desta quinta-feira, 21, no plenário da Câmara Municipal de Palmas, um Projeto de Lei que institui a obrigatoriedade de placas indicativas do itinerário com os respectivos horários das linhas em todos os pontos e estações de ônibus da cidade.

As placas deverão conter informações como o nome e/ou número da linha; logradouro ou quadra de origem; logradouro ou quadra de destino e o número do telefone e endereço eletrônico na internet para denúncias de eventuais problemas à Ouvidoria Geral da Secretaria de Transparência e Controle Interno.

O projeto propõe ainda que o cumprimento dessa lei seja fiscalizado pela Secretaria Municipal de Acessibilidade, Mobilidade e Transporte, ou outra que venha substituí-la em suas atribuições funcionais.

Iratã argumentou sobre a importância da aprovação dessa lei, assinalando que os usuários do transporte público, em especial os estudantes, não possuem fácil acesso às informações referentes aos horários e itinerários dos ônibus, o que traz transtornos e contratempos.

Juventude

Antes da sessão, o vereador manteve encontro com presidentes de centros acadêmicos de diversas instituições de ensino universitário e disse a eles que o projeto de lei ora apresentado foi inspirado nas demandas deles. “Sei das dificuldades da juventude e da classe estudantil em relação ao transporte público e de outras tantas necessidades. Daí porque estou empenhado em propor e discutir políticas públicas para a juventude,” disse Iratã.

Em plenário, Iratã reafirmou seu compromisso com a juventude e lamentou o fato de o Executivo Municipal ter optado por criar uma coordenadoria de juventude e não uma secretaria, mas disse acreditar que isso pode vir a mudar, pois a gestão ainda está no início e poderá perceber que uma secretaria seria mais eficiente para propor e executar políticas públicas em benefício dos jovens.