Palmas

Foto: Antônio Gonçalves

A Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Civil e Trânsito (SMSDCT), em parceria com a Policia Militar e Departamento Estadual de Trânsito (Detran) realizou entre os dias 22  e 24, sexta-feira, sábado e domingo, a  Operação Lei Seca Eu Aprovoque contou com policiamento ostensivo na modalidade blitz, com a verificação de documentos dos condutores e veículos, abordagens a indivíduos e quando necessário a realização de testes do bafômetros.

Durante os três dias, foram abordados 478 veículos entre carros e motos, sendo que seis veículos foram removidos. Também foram lavrados 31 autos de infrações e realizados 30 testes de bafômetros, sendo uma pessoa conduzida para Delegacia de Policia, por crime de trânsito.

Na sexta feira, 22, a blitz aconteceu na Avenida NS-02 entre a Avenida L0-09 e LO-05, entre as 20 horas e meia noite. Durante a abordagem 14 pessoas fizeram o teste do bafômetro, sendo um motorista conduzido à  Delegacia de Policia.  Ao fazer o teste do bafômetro foi verificada a quantidade de 0,54mg/L por ar expelido, o que configura crime de trânsito. 

A condutora Patrícia Borba, ao ser abordada na blitz elogiou a iniciativa dos órgãos envolvidos. “Essas Blitzes devem ser realizadas de forma contínua para reduzir o número de acidentes que envolvem pessoas embriagadas ao volante”, disse.

No sábado, 23, foram abordados 119 veículos, sendo que 12 condutores passaram pelo teste do bafômetro e três pessoas foram encaminhadas à central de flagrantes por apresentarem sintomas de embriaguês e recusarem fazer o teste do bafômetro.

No domingo, 24, dos 75 veículos abordados, dois foram removidos para o pátio da Secretaria.   Ao todo quatro condutores fizeram o teste de bafômetro  com resultados negativos. Uma pessoa foi levada à Delegacia de Policia por medida administrativa.

De acordo com o secretario de Segurança Defesa civil e Trânsito, Cel. Ribamar  de Amorim Pereira, a  operação Lei Seca teve resultados satisfatórios.” Durante a operação percebemos uma aceitação  por parte da comunidade que se sentiu mais segura com nossa presença nas ruas. Estamos  atuando em conjunto para evitar a impunidade e tornar o trânsito  mais humano e seguro,”disse.

Participaram da Operação Lei Seca Eu Aprovo dez policiais militares, oito guardas metropolitanos, cinco agentes municipais de trânsito e dois representantes do Detran.  A operação utilizou oito viaturas e uma Unidade Móvel de Policia Comunitária. (Secom Palmas)