Polí­cia

Foto: Divulgação

Foi encontrado neste sábado pela Polícia Militar o corpo de Alberto Gomes, 72 anos, conhecido como “Palhinha”. O corpo foi localizado em uma chácara próxima de Taquaruçu e estava com a cabeça decepada. Palhinha trabalhou no setor administrativo da Secretaria de comunicação do Estado (Secom) e estava desaparecido desde o dia 23 de fevereiro.

A localização do corpo se deu após a prisão de dois suspeitos do assassinato. Gideon Alves de Sousa (20 anos) e Honesdion Galeno Alves (24 anos), foram presos por volta das 5 horas, deste sábado, no Aureny IV, durante patrulhamento de policiais militares da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam).

Os suspeitos estavam no veiculo de propriedade de Palhinha quando foram abordados durante a madrugada. Segundo informação da polícia um terceiro homem conhecido como Warley, acusado pelos detidos de ser o responsável pelo furto do veículo da vítima, conseguiu fugir durante a abordagem.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Palmas e deverá ser levado para Porto Nacional após a liberação.

Por meio de nota a Agência Tocantinense de Notícias informa que o governador Siqueira Campos determinou à cúpula da segurança pública do Estado rigor na apuração do crime que vitimou o servidor público aposentado. O servidores da Secom também emitiram nota.

Confira abaixos as notas na íntegra

Nota

O Governador Siqueira Campos determinou à cúpula da segurança pública do Estado rigor na apuração do crime que vitimou o servidor público aposentado Alberto Gomes, conhecido carinhosamente como “Palhinha”, de 72 anos.

O corpo do ex-funcionário da Secretaria da Comunicação Social foi localizado na manhã deste sábado, 2, após homens da Rotam (Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas, que integram a Companhia Independente de Operações Especiais da Polícia Militar do Tocantins) prenderem duas pessoas que estavam com o veículo da vítima.

Comunicado do fato na manhã deste sábado pelo comandante da PM do Tocantins, coronel Luiz Cláudio Gonçalves Benício, o Governador, além de lamentar o episódio, afirmou que a ação da PM ao deter os suspeitos foi uma resposta das forças de segurança do Estado.

E assegurou que as forças de segurança do Estado estarão cada vez mais empenhadas e dedicadas ao trabalho de coibir ações violentas que deixam lastros de dor e de indignação na sociedade. E pediu à população que ajude as polícias a cumprir seu papel denunciando atitudes suspeitas e ilícitas.

Agência Tocantinense de Notícias

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nota de pesar

É com profundo sentimento de dor pela perda de um ser humano que sempre foi para todos nós sinônimo de simplicidade, companheirismo e alegria de viver que apresentamos aos familiares e amigos de Alberto Gomes, o Palhinha, nossas condolências.

Palhinha deixou sua marca entre os companheiros  durante os muitos anos de trabalho na Secretaria da Comunicação, demonstrando sempre presteza, preocupação em bem servir e respeito ao cidadão. Descanse em paz, amigo de todas as horas. Que Deus ilumine tua trajetória em busca da paz que tanto merece.

Servidores da Secretaria da Comunicação Social