Polí­tica

Foto: Divulgação

A Federação da Agricultura e Pecuária do Tocantins (Faet) realizou, na tarde desta segunda-feira, dia 4, a solenidade de encerramento do “Ano da Multiplicação dos Peixes” (2012) e o lançamento do “Ano do Leite” (2013), em sua sede, em Palmas. Participaram do evento o presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins, deputado Sandoval Cardoso (PSD), o parlamentar Toinho Andrade (PSD), além da presidente da Faet, senadora Kátia Abreu (PSD), e do vice-governador, João Oliveira (PSD), que representou o governador Siqueira Campos (PSDB) na ocasião.

Ao usar a palavra, Sandoval comentou acerca da meta da Faet de dobrar a produção de leite no Estado, em dois anos. O deputado reconheceu que “o produtor é mal remunerado”, mas que a genética e a alimentação do gado são importantes para melhorar os resultados. “A Assembleia vai se interiorizar. O ‘Parlamento Popular’ vai colher e discutir sugestões para atender às demandas da população, inclusive dos produtores rurais”, disse o chefe do Legislativo.  

Já a senadora Kátia Abreu, ao encerrar o “ano do peixe”, destacou os resultados obtidos em 2012, como a duplicação da produção. Segundo Kátia, foram sete toneladas em janeiro, e, hoje, doze meses depois a pesca alcançou 15 toneladas.  

Para 2013 e 2014, a meta proposta é a de dobrar a produção de leite. Para isso, a Faet anunciou medidas que visam ampliar a assistência técnica aos produtores por meio de capacitações, linhas de crédito do Banco do Brasil e apoio à liberação de licenciamentos junto aos órgãos ambientais. (Dicom AL)