Meio Ambiente

Foto: Manoel Junior

Sob o tema “Brasil sem Lixão!”, a Conferência Nacional de Meio Ambiente deste ano vai receber contribuições de todos os estados brasileiros. No Tocantins, o Governo do Estado vai incentivar a realização de conferências regionais, contemplado a participação dos municípios e também de uma etapa estadual, onde serão definidas propostas e sugestões que serão levadas para a Conferência Nacional.

Com esse intuito o secretário do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Alan Barbiero, recebeu nesta quinta-feira, 7, o consultor da Conferência Nacional no Ministério do Meio Ambiente (MMA), Carlos Henrique Rodrigues Alves, para apresentação das diretrizes e da importância da participação dos municípios nas conferências de Meio Ambiente, que deverão ser realizadas no Estado. O encontro aconteceu durante reunião da Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental (Ciea).

“Todos os municípios do Tocantins e do país terão o prazo de até 2014, para consolidarem suas políticas de resíduos sólidos e nós vamos trabalhar juntos, cada uma de nossas realidades, dentro do contexto nacional”, disse Alan Barbiero. Segundo ele, há ainda muitas dúvidas a respeito das tecnologias e da gestão adequada de resíduos sólidos para cada situação. “Por isso é muito importante esse debate para formação de propostas e quem sabe de parcerias para busca de soluções”, enfatizou.

O consultor Carlos Henrique, apresentou toda metodologia e material que serão enviados pelo Ministério à Comissão Organizadora do Estado, e afirmou que os delegados eleitos no Tocantins receberão apoio logístico e custeio de sua participação na Conferência Nacional. “É extremamente importante esse engajamento que percebi do Governo do Estado, do secretário de Meio Ambiente para que seja realizado um bom trabalho e alcançados bons resultados junto aos municípios”, destacou.

Na ocasião, o secretário Alan Barbiero apresentou o superintendente de Energias Limpas da Semades, Olímpio Mascarenhas, como o responsável pela articulação das conferências no Estado.

Eleição

Durante o encontro foram eleitos os membros para subcomissão organizadora da conferência, que ainda deve ser ampliada com a participação de representantes de seguimentos do poder público e da sociedade civil organizada. Esse grupo será responsável pela mobilização, organização e mediação do debate nas conferências do Estado, onde serão eleitos os delegados estaduais.

A previsão é que entre abril e setembro sejam realizadas as etapas regionais e a edição estadual da Conferência. A Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semades) vai disponibilizar informações sobre as conferências, cronogramas e contatos, no endereço eletrônico: www.semades.to.gov.br, para que o público interessado possa acompanhar a agenda do evento. (Ascom Semades)