Polí­tica

Foto: Divulgação Lúcio Campelo insiste para que a prefeitura preste conta do evento que a mesma não realizou Lúcio Campelo insiste para que a prefeitura preste conta do evento que a mesma não realizou

O vereador Lúcio Campelo (PR) usou a tribuna na manha desta terça feira, 12, para  cobrar do prefeito Carlos Amastha (PP), a prestação de contas do carnaval 2013.

Amastha frisou nesta última segunda-feira, 11, que a realização do Carnaval 2013 foi eminentemente da iniciativa privada. De acordo com o prefeito, a gestão entrou com um valor mínimo para o fomento dos quesitos culturais da festa popular, apenas R$ 64 mil.

Para o vereador, a atitude do prefeito Carlos Amastha descumpriu todas as leis, entre elas a lei orgânica do município, a constituição estadual e federal, que prevê no seu artigo 5º que afirma: “todos têm direito a receber dos órgãos públicos informações de seu interesse particular, ou de interesse coletivo ou geral, que serão prestadas no prazo da lei, sob pena de responsabilidade, ressalvadas aquelas cujo sigilo seja imprescindível à segurança da sociedade e do Estado”.

Em seu discurso o vereador Lucio Campelo (PR), pediu aos 19 vereadores que assinam o pedido de CPI do carnaval caso não haja uma resposta imediata do prefeito em relação a prestação de contas. “Vamos reunir todos os vereadores e solicitar mais uma vez que o prefeito esclareça de como foi realizado o carnaval de Palmas, além disso o prefeito não está respeitando as leis, caso ele não dê as informações necessárias que tanto a população quer saber, vamos solicitar a abertura um CPI do carnaval de Palmas”,  afirmou o vereador.

Por: Redação

Tags: Carlos Amastha, Lúcio Campelo