Polí­tica

Foto: Koró Rocha Josi Nunes criticou a situação da saúde no Estado. Josi Nunes criticou a situação da saúde no Estado.

Depois da proposta de convite para que a secretária estadual da Saúde, Vanda Paiva, para comparecer à Assembleia Legislativa, a deputada Josi Nunes (PMDB), autora da solicitação, retirou o requerimento da pauta da ordem do dia. A retirada foi por conta da antecipação da própria secretária que informou, através do deputado Marcelo Lelis (PV) que compareceria ao parlamento por livre e espontânea vontade.

A situação da saúde voltou a ser alvo de debate na Assembleia Legislativa, depois que a deputada Josi Nunes defendeu seus requerimentos que pedem atenção na aquisição de equipamentos cirúrgicos para hospitais de referência do Estado, além da presença da secretária no parlamento. Josi criticou a situação da saúde no Estado.

A deputada Luana Ribeiro (PR) chamou a atenção para a situação precária da rede hospitalar do Estado e convido os parlamentares para visitarem os centros de saúde. “Tem gente morrendo nos corredores. Vamos formar uma comissão e visitar, por exemplo, o HGP (Hospital Geral de Palmas) e avaliar com precisão como está a situação”, completou.

Já o ex-líder de governo, deputado Osires Damaso (PSD) acusou de eleitoreiras as propostas apresentadas e cobrou que uma comissão fosse formada para acompanhar a situação da saúde em outros Estados. “Se formos a outros Estados, tenho certeza de que os deputados da oposição baterão palmas para a situação da saúde no Tocantins”, disse.

Relembrando o passado recente, o deputado Stálin Bucar (PR) voltou a culpar a contratação da Organização Social Pró-Saúde, pela situação em que o setor da saúde pública chegou no Tocantins. Para o deputado, toda a situação ainda é consequência dos meses em que a administração hospitalar do Tocantins ficou sob a responsabilidade da empresa. “Esta pró-saúde acabou com a nossa saúde”, finalizou.

Contudo, mesmo com todas as discussões, depois de solicitação do deputado Marcelo Lelis, Josi Nunes retirou sua proposta de convite e a expectativa é que a secretária de Saúde compareça na sessão ordinária da próxima quinta-feira.