Educação

Foto: Divulgação Confira em link abaixo a nota de repúdio na íntegra Confira em link abaixo a nota de repúdio na íntegra

Professores da Rede Estadual de Ensino pertencentes à Diretoria Regional de Ensino de Miracema encaminharam nota de repúdio ao  governo e principalmente para o atual diretor, Genes Francelino de Alencar em razão da exoneração de servidores. O grupo de docentes conta que no dia 21 de março foi comunicado da exoneração em razão de alterações no organograma da pasta. “Os servidores foram todos praticamente exonerados mesmo tendo um relevante trabalho prestado e que exercia função na Educação desde a criação do Estado sem ao menos serem chamados para uma conversa de forma digna”, contam. A justificativa do diretor aos exonerados, conforme eles contam, é que estaria cumprindo ordens superiores da Seduc.

Eles alegam que foram demitidos sem nenhum diálogo e de maneira desumana por parte do diretor a quem acusam de perseguição a alguns servidores. Segundo os professores, eles estão sendo substituídos por outros servidores contratados e não por efetivos. “ O que mais nos incomoda de estar acontecendo novas contratações para suprir o déficit existente nas escolas daí perguntamos: pode exonerar um contrato com 24 anos de serviço?e gerar um novo contrato? Ora, senhor diretor regional de ensino se é para enxugar a folha como justifica novas contratações? Como pode manter alguns contratos dentro da DRE apenas por afinidade e sem mostrar transparência nos critérios adotados para a escolha dos que ali permaneceram?”, questionam.

Os servidores que assinam a nota de repúdio são Marlene Coelho, Gleisse Pereira, Anisio de Cirqueira, Maria Onemes, Dinaize Valadares, Regina Gomes, Emylya Alyne, Isla Reis, Evaldo Alves, José Batista e Maria das Graças.

Na nota eles mencionam ainda outros problemas que estariam acontecendo na DRE como a remoção de servidores sem critérios e a atuação de docentes fora da área de formação específica. O objetivo seria “agasalhar pessoas apadrinhadas” do atual diretor, conforme alega a nota.

Seduc

Procurada pelo Conexão Tocantins sobre a nota de repúdio dos professores de Miracema a Assessoria de Comunicação da Secretaria Estadual da Educação se limitou a informar que as movimentações do quadro de pessoal que estão sendo realizadas em todo o Estado são em virtude de posse de novos aprovados no último concurso público.