Meio Ambiente

Foto: Antônio Gonçalves

Com objetivo de intensificar o combate aos criadouros do mosquito da dengue na capital, a Prefeitura de Palmas buscou resolver o problema do armazenamento dos pneus usados, para que esses não venham a ser acondicionado de forma imprópria, transformando-se em criadouros do mosquito transmissor da dengue (Aedes Aegypti), e um novo ecoponto foi instalado na cidade. Anteriormente, os pneus usados eram levados para o Centro de Controle de Zoonoses, onde uma empresa de reciclagem fazia o recolhimento dos produtos. 

Em parceria com o Instituto Social Padre Magalhães, o novo local está localizado na TO-010, km 2, saída para Lajeado. Segundo frisou o prefeito, durante coletiva realizada na manhã desta terça-feira, 02, os pneus, que antes eram despejados em vias públicas e terrenos baldios, agora têm destino correto, tudo isso devido a um esforço conjunto. “Não há mais motivos para deixar pneus abandonados”, afirmou.
 
O novo local tem 650 metros quadrados, é coberto, limpo, arejado e seco. De acordo com o presidente da instituição, Izidoro Oliveira, o ecoponto tem  condições para armazenar e dar um fim útil a esses pneus aqui mesmo na capital, isso ajudando à população e ao meio ambiente. “Estamos à disposição da população em geral, e também dos empresários que descartam pneus velhos para que tragam direto para nosso ecoponto, para que seja evitado qualquer tipo de transtorno”, informou, lembrando que o local está aberto de 8 às 18 horas, de segunda a sexta-feira. (Secom Palmas)