Palmas

Foto: Walter Gama Gabinete do prefeito migrará do Paço Municipal Gabinete do prefeito migrará do Paço Municipal

A Prefeitura de Palmas prepara para o final deste mês e início de maio uma alteração na sede das pastas da administração. Conforme informou ao Conexão Tocantins o secretário de Governo e Relações Institucionais, Tiago Andrino a intenção é economizar e também otimizar os atendimentos ao cidadão. “ Estamos procurando a melhor forma de economizar em todos os sentidos, energia, xérox e na facilidade de trabalhar em equipe”, conta.

O gabinete do prefeito vai para um prédio na plena Avenida JK que está em fase de negociação para aluguel. O prédio vertical abrigava a agência do Banco do Brasil e nele vai concentrar mais da metade dos serviços da administração, conforme adiantou Tiago. A economia somente com aluguel será de R$ 110 mil por mês.

O secretário de Infraestrutura, Marcílio Ávila detalhou ao Conexão Tocantins que no prédio da JK vai funcionar além do gabinete as estruturas das pastas da Educação, Governo, Assuntos jurídicos, Procuradoria e também a comunicação. O valor do aluguel do prédio ainda não foi divulgado porque o contrato ainda não foi fechado, segundo os secretários informaram. “Somando tudo o que pagamos hoje sai mais caro do que este prédio que vamos alugar”, sinalizou Ávila.

No Parque do Povo que ainda está em fase de finalização das obras vai funcionar as pastas de Turismo e Esporte. Na atual secretaria de Meio Ambiente vai funcionar o Instituto de Planejamento e a área dos Transportes.

A administração vai ter o Centro Administrativo onde vai funcionar as pastas de Assistência Social, Inclusão Social e Agricultura. No prédio Buriti ao lado da Prefeitura vai funcionar as secretarias de Finanças, Habitação, Urbanismo, Planejamento e Transparência. Os serviços de atendimento ao cidadão como Sine e Banco do Povo também serão concentrados no prédio que é da Prefeitura.

O Centro Tecnológico, que será inaugurado pela atual gestão nos próximos dias, vai abrigar a pasta de Desenvolvimento Econômico, comandada por Luiz Carlos Borges da Silveira.