Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador Iratã Abreu (PSD-TO) participou na manhã do último sábado, 13, da solenidade de assinatura da sanção da lei de regulamentação do setor Santo Amaro.

O prefeito Carlos Amastha assinou a lei nesta manhã e reconheceu de público o trabalho da Câmara Municipal de Palmas, cujos vereadores aprovaram, por unanimidade, o projeto de lei que incluiu o Santo Amaro dentro do perímetro urbano de Palmas.

“A nossa luta já tem mais de uma década e agora esperamos que os benefícios cheguem de fato”, disse Miraltina Pereira Araújo, presidente da Associação de Moradores do Santo Amaro. Segundo ela, os moradores estão cansados de esperar e confiar, mas, se precisar dar resposta para as falsas promessas, eles darão.

O vereador Iratã Abreu concorda com a presidente da Associação e diz que é continuará apoiando os moradores do Santo Amaro, pois a aprovação do projeto e a sanção da lei foram apenas o início do processo de mudança pelo qual o setor deve e precisa passar.

Iratã ressalta que é preciso fazer ações emergenciais no setor Santo Amaro. Um exemplo, diz ele, é o cascalhamento das vias de acesso ao bairro e das ruas internas. “Elas estão intransitáveis e com o período chuvoso ficaram ainda piores”, frisou o vereador.  

Lago Norte

Antes da solenidade do Santo Amaro, o vereador Iratã Abreu manteve encontro com moradores do Lago Norte, momento em que ouviu deles algumas demandas, sendo a principal à urgente regularização do setor, a exemplo do que ocorreu no Santo Amaro. (Assessoria de Imprensa)