Polí­tica

Foto: Divulgação

Na tribuna, a deputada estadual Amália Santana do PT falou sobre seu posicionamento com relação ao governo depois que a cúpula do partido decidiu neste final de semana que será oposição a atual gestão. “Meu posicionamento será de oposição mas estará ausente em meu discurso o deboche com relação ao governo”, disse.

Ela afirmou que vai seguir a orientação do partido mas respeitando a gestão.  “O governo será tratado com muito respeito com o qual sempre fui tratada”, disse. Ele pontuou também que não vai responder a provocações ou brigas políticas com relação ao governo estadual.

Na oportunidade Amália negou ainda especulações de que ela teria sido convidada para assumir uma pasta voltada para política de mulheres que estaria sendo cogitada para ser criada pelo governo. “ Não houve esse convite”, disse. Ela contou que apenas defende a criação da pasta.

O deputado do partido José Roberto Forzani (PT) que também era próximo do governo já afirmou ao Conexão Tocantins que vai ser oposição mas não vai compor o bloco do grupo oposicionista.