Polí­tica

Foto: Divulgação PMDB se prepara para processo eleitoral PMDB se prepara para processo eleitoral

Desde o final do ano passado, após as eleições, o PMDB entrou em crise e rachou em dois grupos que divergem o rumo da sigla nas eleições do ano que vem. O deputado federal Lalo Coimbra (PMDB-ES) foi indicado pelo diretório nacional do partido para conduzir esse conflito e emitiu relatório na terça-feira, 16, que propõe antecipar as eleições da sigla, que aconteceria em outubro, para acontecer no prazo de 90 dias. Segundo o deputado Iderval Silva afirmou ao Conexão Tocantins nesta sexta-feira, 19,  as eleições poderão acontecer no dia 16 de julho.

Para a deputada Josi Nunes, “essa comissão foi resultado de solicitação de intervenção do grupo do Marcelo Miranda. A executiva deve convocar os 14 membros para procurar resolver todos os problemas”, afirmou. Ainda de acordo com a peemidebista, o grupo liderado pelo ex-governador Marcelo Miranda vai se reunir e discutir os critérios e regras para a eleição na próxima semana.

Perguntada sobre qual nome seria melhor para comandar o partido, a deputada não quis se posicionar e disse que espera o melhor dentro das possibilidades. “Estamos procurando o melhor para o partido”, disse.

O deputado estadual Iderval Silva (PMDB), que está no grupo liderado pelo atual presidente do partido, Júnior Coimbra, informou que a principal tendência é unificar o partido e se organizar para criar uma alternativa para o próximo ano e na possibilidade de criar uma chapa única. “Vamos trabalhar para ter uma única chapa. Estamos juntos com o Júnior Coimbra. O partido do PMDB sempre foi assim, um partido democrático, mas estamos lutando sempre juntos. Nossa intenção é criar uma chapa única, os 71 membros do partido vão se reunir e escolher o melhor nome e indicar um nome para a presidência da sigla”, disse.

Segundo ele, Júnior Coimbra será o indicado. “O Júnior é o interessado porque ele já está na presidência. As eleições do ano que vem é o foco principal para a unificação do partido. Este processo está visando 2014 e o partido precisa está inteiro para a disputa do poder ano que vem”, garantiu Iderval.

Entenda

Na quarta-feira 17, a cúpula do partido se reuniu e elegeu os membros que conduzirão o processo eleitoral na escolha do novo presidente que comandará o partido pelos próximos 2 anos. O partido continua dividido, um grupo é liderado pelo atual presidente regional, o deputado federal Júnior Coimbra, que tentará reeleição, e pelos deputados estaduais Vilmar do Detran, Iderval Silva, José Augusto, o vereador Carlos Braga e o suplente de deputado Ricardo Ayres, e o outro grupo é liderado pelo ex-governador Marcelo Miranda, o ex-secretário de Indústria e Comércio Eudoro Pedroso,o ex-presidente João Leite, a deputada Josi Nunes e os deputados federais Osvaldo Reis e Leomar Quintanilha e também o ex-governador Carlos Gaguim. O  deputado estadual Eli Borges também está na comissão mas se diz neutro com relação aos grupos.

Por: Raimundo Júnior

Tags: Iderval Silva, Josi Nunes, Júnior Coimbra, Osvaldo Reis, PMDB