Saúde

Qualquer morador pode solicitar o recolhimento de cães com calazar em casa. O serviço de recolhimento é gratuito e é realizado diariamente pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) para garantir a segurança da população da capital, onde a doença é endêmica.

Segundo o secretário municipal da Saúde, Walter Balestra, o CCZ conta atualmente com quatro veículos para suprir a demanda de solicitações da população, conforme demanda recebida.

Critérios de recolhimento

Mas, para isso, explica o diretor de Vigilância em Saúde, Héber de Oliveira, é preciso que a população esteja ciente dos critérios de recolhimento. Segundo Termo de Ajuste de Conduta (TAC), assinado em 2010 entre CCZ e Ministério Público Estadual (MPE), apenas cães soropositivos para calazar, ou seja, com exame laboratorial comprovando a doença, ou animais violentos que possam pôr em risco a segurança da população podem recolhidos.

Para os casos de animais errantes, sem responsável identificado, o diretors esclarece ainda que, conforme Termo de Ajuste de Conduta (TAC), esses animais podem ser recolhidos somente se apresentarem sinais visíveis de calazar.

Para os demais casos, a orientação da Semus é que o morador solicite a realização do exame sorológico do calazar. Depois de agendada, a solicitação será atendida em até três dias úteis por uma equipe do CCZ na residência do morador.

Sintomas

Dentro do ciclo de transmissão da doença, explica Oliveira, o cão é considerado reservatório do protozoário causador da doença, que é transmitido pela picada do mosquito palha, encontrado em áreas ricas em matéria orgânica em decomposição. Em Palmas, as equipes de Vigilância Ambiental da Semus atuam em ações e mutirões contínuos de combate ao ciclo do calazar.

Sintomas

O calazar é uma doença que pode ficar sem sinais no cão por até seis meses. Os primeiros sintomas são a queda de pelos, crescimento exagerado das unhas, feridas no focinho e orelhas, emagrecimento, fraqueza e lacrimejamento.

Ao aparecimento dos sinais, a orientação é ligar para o CCZ e solicitar pelos telefones 3218-5144 ou 3218-5561 o teste rápido para calazar. O exame será feito na residência do morador sem custos para o dono do animal.