Campo

Foto: Gustavo Sá

Produtores rurais, pesquisadores, estudantes e o público em geral que visitarem o Centro Agrotecnológico de Palmas para participarem da 13ª edição da Agrotins - Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins, contarão com vários serviços de utilidade pública. O evento, que começa nesta terça-feira, dia 7 e segue até dia 11, deve receber aproximadamente 75 mil pessoas.

Para garantir a segurança ostensiva do público, a Polícia Militar montou uma unidade na Feira. Também haverá a presença do Corpo de Bombeiros, responsáveis pela vistoria das instalações e o auxílio no atendimento às pessoas, em eventuais incidentes.

A partir de uma parceria firmada entre o Governo do Tocantins, através da Seagro – Secretaria Estadual da Agricultura e Pecuária e Prefeitura de Palmas, também foi montado um posto de atendimento de primeiros socorros na Agrotins. Seagro e Prefeitura também fizeram convênio para realizar serviço de coleta seletiva do lixo, nos dias do evento.

Para o engenheiro agrônomo da Seagro, Luiz Antônio Vieira, integrante da Comissão Organizadora da Agrotins, esses serviços são essenciais para garantir o bom funcionamento do evento. “As pessoas que visitam a Agrotins necessitam de serviços, como de saúde e segurança. Por isso, sempre buscamos apoio nas instituições competentes para realizarmos esse que é um dos maiores eventos do Estado”, avaliou Vieira.

Feira

Em sua 13ª edição, a Agrotins já se consolidou como a maior feira agrotecnológica da região Amazônica. O evento reúne pessoas de todas as regiões do Tocantins e de estados vizinhos, interessadas em conhecer novas tecnologias para aprimorar a produção no campo. Com o tema ‘Pecuária com Tecnologia e Sustentabilidade’, a expectativa é que a Feira movimente mais de R$ 350 milhões em negócios nesta edição. (Ascom Seagro)