Meio Ambiente

Foto: Valério Zelaya

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha, realizou o lançamento do Plano de Contingência de Incêndios Florestais e Queimadas Urbanas, durante o Dia "D" de Prevenção e Combate à Incêndios nas Zonas Rurais para 2013, neste sábado, 11, no Parque Cesamar.

O plano é coordenado pela Secretaria de Segurança, Defesa Civil e Trânsito, em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo, e conta com a participação do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil Estadual.

Na ocasião o gestor municipal destacou que é preciso conscientizar a população sobre os riscos e danos causados pelas queimadas. “Precisamos de uma mudança radical e é preciso fazer isso através da educação. Está na hora de tomarmos uma atitude, fazer a diferença para o Tocantins, para o Brasil e mais para o mundo”, afirmou Carlos Amastha.

O secretário de Meio Ambiente, Valdemar Júnior, destacou o alto índice de queimada no Tocantins e a posição negativa que o Estado ocupa no ranking nacional. “A importância de Palmas ser exemplo é que reflita em todos os outros municípios do Estado, mostrando que é capaz de reduzir. Hoje, o Tocantins ocupa o segundo lugar no Brasil com maior índice de queimadas”, ressaltou Valdemar.

Dia "D"

Após o evento de lançamento, equipes foram deslocadas para a zona rural de Palmas. O objetivo foi orientar moradores da zona rural sobre os perigos de incêndios, as formas de evitá-los e as medidas a serem tomadas para a realização da queima controlada.

O secretário de Segurança, Defesa Civil e Trânsito, coronel Ribamar Amorim Pereira, explicou sobre a ilegalidade de realizar queimadas.  “A educação é fundamental para realizar a mudança que queremos. Hoje o Dia "D" é para esse trabalho de orientação e conscientização do que é certo e errado e sobretudo as penalidades que podem ser aplicadas”, explicou o secretário. Coronel Ribamar agradeceu ainda o apoio e o trabalho conjunto do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil Estadual. (Secom Palmas)