Educação

Foto: Divulgação

Cerca de 250 educadores indígenas estarão em Palmas para discutir melhorias da educação. O encontro dos Educadores Indígenas começará às 8 horas, no auditório do Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Palmas, com a apresentação do documentário ‘Da luz da vida à água que morre’, reflexão sobre o povo Xerente, da jornalista Monise Busquetes, da Universidade Federal do Tocantins (UFT). Vão participar 250 educadores indígenas representantes de todas as etnias do Tocantins, que durante dois dias compartilharão informações e debaterão sobre as melhorias da Educação.

Entre os assuntos na pauta estão: orientações sobre patrimônio, avaliação de desempenho, alimentação escolar e sobre o portal transparência.

Às 16 horas, da quarta-feira, 15, haverá uma palestra sobre “A educação e proteção integral da criança e do adolescente no ambiente escolar”, com Rodrigo Barcelos.

Na quinta-feira, 16, às 8 horas, haverá apresentações do Coral da Universidade Católica do Tocantins. Em seguida, serão realizadas discussões sobre o programa ‘Mais Educação’ e sobre a Instrução Normativa da Educação Indígena.