Estado

Um grupo de motoristas da Secretaria Estadual da Saúde estuda a possibilidade de fazer greve na próxima semana em razão do atraso nas diárias. Segundo alguns relataram ao Conexão Tocantins há diárias atrasadas referentes ao mês de novembro e que ainda não há previsão de quando serão pagas por parte da pasta.

Os motoristas alegam ainda que em razão da situação alguns chegam a dormir nos veículos por falta de pagamento das diárias. A pasta da Saúde tem 220 motoristas dentre unidades de saúde e hospitais do Estado sendo que  cerca de 25 deles atuam diretamente da secretaria. O valor da diária é de R$ 112,50.

Um dos motoristas que trabalha na pasta há mais de oito anos conta que após pressão da categoria a pasta pagou algumas diárias no mês passado.Ele contou ao Conexão Tocantins que somando os atrasos tem mais de R$ 6 mil para receber só de diárias atrasadas. Com relação à cogitação de greve ele frisou que como a maioria dos servidores são contratados há uma certa cautela.

Procurada pelo Conexão Tocantins a Sesau negou que haja uma situação geral de atraso das diárias e frisou que se existir atraso são relativos a possíveis casos isolados e que estariam relacionamentos ao não cumprimento das formalidades para o pagamento como por exemplo a apresentação dos relatórios das viagens.

Por: Redação

Tags: Secretaria Estadual da Saúde