Palmas

Foto: Antônio Gonçalves

Atendendo a necessidade dos moradores do Setor Morada do Sol II,  o prefeito de Palmas, Carlos Amastha, assinou nesta quinta-feira, 16, a abertura do processo de licitação para a construção do Centro Comunitário com Posto Policial do Setor Morada do Sol II. A obra atende a reivindicação feita pelos desde 2004. Ação faz parte da comemoração do 24º aniversário de Palmas.

Acompanhado do secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Marcílio Ávila, o chefe do poder executivo municipal reafirmou os representantes da Associação de Moradores que é compromisso da gestão ouvir e procurar atender dentro da legalidade. O prefeito destacou ainda as ações que serão desenvolvidas no Centro Comunitário.

“Esse espaço é adequado para proporcionar atividades educadoras, cursos e oficinas aos moradores, também será local adequado para a realização de projetos sociais da comunidade”, explicou Amastha.

O gestor municipal disse ainda da preocupação em reforçar a segurança do local, com a construção da base de Segurança Comunitária da Polícia Militar na região.

Moradores agradecem

O presidente da Associação de Moradores do Morada do Sol II, Valter Rodrigues, em nome dos moradores do setor agradeceu as ações  e garantiu que a comunidade será parceira da gestão.

“Estamos orgulhosos do trabalho que tem sido desenvolvido, da maneira que tem nos recebido, escutado e conversado com a associação. Seremos parceiro da gestão para cuidar das obras públicas que estão sendo construídas e do que já está feito”, afirmou Sousa.

Investimento

O investimentos da obra é R$ 435.425,63 oriundos do Ministério das Cidades e contrapartida municipal de 30% do valor total, o Centro Comunitário com Posto Policial do Setor Morada do Sol II é dotado de uma área de 270m².

A instalação, que atenderá a comunidade local, conta com alojamento; sala para associação; Departamento Esportivo; Auditório com capacidade para 90 pessoas; cozinha e banheiros destinados aos funcionários e usuários. (Secom Palmas)