Palmas

Foto: Divulgação

As 24 barracas de comidas típicas e a autorização para os 11 carrinhos de pipoca, maçã do amor, churros e sorvete que vão compor os atrativos do 21º Arraiá da Capital foram definidas por sorteio público na tarde desta quinta-feira, 13, no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, com a presença dos comerciantes e representantes da Fundação Cultural de Palmas. A festa Junina acontece de 11 a 14 de julho.

Na ocasião, a técnica da Vigilância Sanitária, Aparecida Dallacqua, ministrou palestra ressaltando os cuidados no manuseio dos alimentos, no preparo e na conservação até o consumo. A técnica ainda ressaltou a importância da adoção de aparatos, como avental e luva e touca, que garantem a higiene, e encerrou pontuando os cuidados para prevenção de acidentes, como o cuidado com o gás de cozinha. 

Dentro da programação do Arraiá, acontecerá o Concurso da Melhor Barraca pelo qual os jurados irão julgar a decoração, melhor atendimento, higiene, limpeza, originalidade e melhor comida típica. Os cinco primeiros classificados terão garantia de participação noArraiá do ano subsequente. 

As barracas serão decoradas com motivos típicos de festejos juninos e obrigatoriamente devem ter ao menos três bebidas ou comidas típicas, tais como canjica, quentão, pé-de-moleque, paçoca, entre outros, além dos produtos que já comercializam, visto que já possuem experiência no mercado alimentício de Palmas. (Secom Palmas)