Saúde

Foto: Valério Zelaya

A Campanha de Vacinação Antirrábica, realizada pela Secretaria Municipal de Saúde no sábado, 15, vacinou 89,42% dos cães e 86,53% dos gatos previstos pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), superando a meta estabelecida de imunizar até 80% destes animais em Palmas.

De acordo com o diretor do CCZ, Claúdio Garcia, foram vacinados 15.847 cães (89,42%) e 3.449 gato (86,53%), sendo que a estimativa de animais a serem vacinados era de 17.722 cães e 3.986 felinos. Para aqueles que não vacinaram seus animais de estimação no Dia D, a vacina continuará disponível no CCZ, podendo ser realizada via agendamento, pelo telefone 3218-5561.

Ainda segundo Garcia, em Palmas, não há casos registrados de raiva em humanos ou animais, graças à cobertura da vacinação. “As campanhas de vacinação são fundamentais para evitarmos que ocorram casos da doença, por isto precisamos contar com a população para que leve seus animais de estimação até os postos de vacinação”, frisou.

Raiva

A raiva é uma zoonose causada por vírus da família Rhabdoviridae, que tem como principal reservatório os animais mamíferos. É uma doença infecto-contagiosa aguda fatal, caracterizada principalmente por sinais nervosos de agressividade, paresia e paralisia, sendo considerada uma das mais graves zoonoses descritas, porém, é prevenível através do uso de vacinas.

A vacinação é uma das principais ações de controle da raiva no mundo, sendo responsável pela redução do número de casos em animal e, consequentemente, em humanos.

Transmissão

A transmissão do vírus da raiva ocorre pelo contato da saliva do animal doente com a pele ou mucosas lesadas (mordedura ou arranhadura). Os principais animais responsáveis pela transmissão da raiva são: cães e gatos e morcegos hematófagos. (Secom Palmas)