Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos – DERFRVA autuou em flagrante delito, na tarde desta segunda-feira, 17, Ronaldo Adriano Lima Carvalho, 27 anos de idade. O homem é acusado pela prática dos crimes de estelionato, apropriação indébita, uso de documento falso e falsidade ideológica.

Por volta das 15h30min da tarde desta segunda-feira, uma equipe de solo do Centro Integrado de Operações Aéreas – Ciopaer, deslocava-se pela Avenida Teotônio Segurado, quando em dado momento avistaram um veículo de cor branca em alta velocidade, fazendo manobras arriscadas (ziguezagues) e colocando a vida dos usuários da via em risco.

De imediato, os integrantes do Ciopaer passaram a seguir o veículo e quando o mesmo “furou” um sinal vermelho, os policiais efetuaram a abordagem do Voyage Branco placas MWK 480, ano 2011 cujo condutor se apresentou como sendo Ronaldo Adriano Lima Carvalho, todavia o mesmo apresentou uma carteira de identidade falsa. Ao ser indagado pelos policiais sobre a procedência do automóvel, Ronaldo afirmou que o mesmo era locado, no entanto os policiais desconfiaram da história contada.

Nesse momento, guarnições da Polícia Militar chegaram ao local para prestar apoio à ocorrência e o motorista do Voyage foi conduzido a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos. Na delegacia foi constatado que o acusado tinha em seu poder vários contracheques, quatro carteiras de identidade em nome de diferentes pessoas e um cartão do Banco Bradesco.

Os policiais da especializada constataram que Ronaldo tem várias passagens na Polícia Civil e Federal pelos mesmos crimes que agora é acusado. Também foi constatado que o veículo era objeto de apropriação indébita e por isso Ronaldo Adriano foi autuado em flagrante pelos crimes acima citados e, após os procedimentos cabíveis foi encaminhado a Casa de Prisão Provisória de Palmas.

A Polícia Civil também apurou que para locar o veículo, Ronaldo utilizou-se de uma carteira de habilitação falsa em nome de Henrique Alves da Silva. De acordo com o delegado titular da Furtos e Roubos de Veículos, Reginaldo de Menezes Brito a prisão de Ronaldo Adriano representa mais uma demonstração da cooperação e harmonia existentes entre as polícia civil e militar de Palmas que resultou na prisão de mais um estelionatário.

“Essa é mais uma ação de integração entra as polícias que teve um saldo positivo porque conseguimos tirar de circulação um elemento que estava aterrorizando Palmas, haja vista que o mesmo já havia praticado vários crimes de estelionato anteriormente e esperamos que desta vez o mesmo permaneça encarcerado por um bom tempo”, concluiu o delegado. (Ascom SSP)