Bastidores

O prefeito Carlos Amastha respondeu a provocação do secretário de Relações Institucionais, Eduardo Siqueira Campos que pela rede social questionou se em Palmas haverá redução na tarifa como ocorreu em Araguaina e em outros estados. “É uma pena que um antigo gestor da cidade não saiba como funcione isso quando eles  é que são responsáveis por tudo isso que está aí”, colocou.

O gestor pediu ainda que o secretário o deixe trabalhar. “Me deixe trabalhar em sintonia com a população que eu sei o que tem que ser feito”, rebateu.

No sábado, 22, Eduardo citou que a presidência da República desonerou as empresas de algumas contribuições e provocou: “Todos podem, todos devem,todos somos livres para tudo! Ninguém pode reclamar de ser cobrado, exigido. Mas há algo faltando: a desoneração da tarifa”, disse se referindo á manifestação da última quinta-feira em Palmas onde o governador Siqueira Campos foi um dos principais alvos.

Por: Redação

Tags: Carlos Amastha, Eduardo Siqueira Campos