Estado

Foto: Divulgação

Aproximadamente 40 famílias, todas formadas por moradores de Guaraí, estão acampadas desde a última segunda-feira (1), nas proximidades de uma propriedade rural localizada na divisa entre os municípios de Guaraí e Tupirama. Conforme informado por um dos líderes do movimento, o objetivo é de chamar a atenção do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para que a área seja incorporada aos programas do órgão.

Ainda conforme informado pelas lideranças do movimento, as 40 famílias, estariam alojadas em quase 30 barracas de lona às margens da propriedade que está localizada ás margens da ferrovia norte-sul, entre os municípios de Tupirama e Guaraí. Os manifestantes alegam que a área é improdutiva e exigem que a mesma seja utilizada em programas de reforma agrária do Incra. “Nós só vamos sair daqui quando o Incra se posicionar favorável a nossas reivindicações”, comentou um dos líderes que preferiu não se identificar.

Os manifestantes alegaram que não invadiram a propriedade, que possui, segundo o informado, aproximadamente 400 alqueirões. “Não estamos dentro da área, instalamos nosso acampamento as margens de uma estrada”, comentou um dos líderes líder.

Por: Marcelo Gris (Colaboração)

Tags: Guaraí, Incra, Tupirama