Polí­tica

Foto: Antônio Gonçalves

Ampliando as discussões sobre a igualdade racial na capital, e apontando diretrizes para elaboração de políticas públicas, teve início os trabalhos da II Conferência Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial na manhã deste sábado, 6, no auditório do Campus de Palmas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO).

Para o sociólogo e palestrante, Luiz Carlos Benedito, estas discussões são bastante relevantes, pois segundo ele, este é sim um importante passo para a sociedade avançar em políticas públicas de igualdade social. “Sem a participação política da sociedade, sem a consciência desta mesma, não avançaremos, pois somente com a participação de todos é que vamos conseguir mudar alguma coisa”, disse o sociólogo.

Outro ponto importante destacado pelo Secretário Executivo do Conselho Nacional de Promoção de Igualdade Racial – CNPIR, Sergio Pedro da Silva, é a inclusão das demandas destas conferências nas políticas públicas do Governo Federal.  “Eventos como estes é uma oportunidade em que o Governo chama a sociedade para expor suas demandas, para que o Governo Federal possa incluir propostas nas políticas públicas”, afirmou o secretário.

O secretário extraordinário da Inclusão Social, José Mamédio Oliveira, ressalta que a conferência vai despertar nos participantes uma consciência mais crítica da realidade racial contemporânea. Mamédio que é neto de índios e negros e filho de turco destaca que a ideia é estimular a reflexão sobre o convívio pacífico entre os povos através do respeito mútuo e do conhecimento para a conquista da paz. Ele acredita que uma conferência como esta é o primeiro passo para a concretização de políticas públicas eficientes para a promoção da igualdade social.

A programação continua até a tarde deste sábado, e terminará com  o encaminhamento das resoluções para o executivo Municipal e encaminhamento para 3ª Conferência Estadual de Promoção da igualdade.

Programação Sábado à tarde

13h30 Mesa Redonda 3 Tema: Políticas Públicas de Inclusão Racial para Mulheres Negras e Religiões de Matrizes Africanas

Ana Lúcia Pereira – Socióloga, mestre em História e Doutora em Sociologia pela UNESP.

Erotildes Soares Correa Nogueira – Presidente do Fórum Estadual de Educação e Cultura Afro-Brasileira.

Mãe Magda de Oxum – Terreiro de Bandalunga.

Coordenação da Mesa: Ana Zélia Ferreira de Lima – Historiadora e Veneranda Elias – Presidente da Facomto/TO – Federação das Associações Comunitárias e de Moradores do Tocantins.

14h30 – Debate

15h - Leitura final das propostas para o Executivo Municipal e encaminhamento das propostas para a 3ª Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial.

15h30 Intervalo

16h - Eleição dos Delegados da II Conferência Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.

17h - Homologação dos delegados para 3ªConferência Estadual de promoção da Igualdade Racial.

17h30 - Encaminhamento das resoluções para o executivo Municipal e encaminhamento para 3ª Conferência Estadual de Promoção da igualdade.

18h - Encerramento