Geral

Foto: Antônio Gonçalves

Evento que se consolidou como  tradição na cidade de Palmas, a Parada da Diversidade realizou sua décima edição neste domingo, encerrando a Semana da Diversidade do Tocantins (Igualdade, Cidadania e Respeito). Cerca de 1500 pessoas participaram em busca de direitos e respeito à população LGBT. 

Como parceira, a Prefeitura de Palmas, por meio da Superintendência da Mulher, Direitos Humanos e Equidade, esteve na festa que teve início no Parque Cesamar e terminou na Avenida Palmas Brasil. Em fala, Gleidy Braga, destacou a importância da mobilização e a necessidade de unir forças.

Dentre os argumentos da Parada, a defesa de que a luta não á contra a famÍlia, mas contra o preconceito e pelos direitos de todos. Durante o trajeto, muita música, animação, respeito e o tradicional beijaço em frente à Praça do Bosque.

Pessoas de todas as idades se reuniram oferecendo apoio, famílias que declaravam marcar presença todos os anos. Entretanto, apesar do avanço, o preconceito ainda persiste e deve ser combatido. De acordo com pesquisas, 150 denúncias de violação de direitos já foram registradas no Tocantins, no período de janeiro até agora.

Qualquer pessoa que sofra  algum tipo de preconceito pode contatar o serviço do Governo Federal através do Disque 100, Disque Direitos Humanos, para realizar denúncias e receber as orientações devidas.