Polí­tica

Foto: Divulgação

O senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO) se encontrou nesta última terça-feira, 9, com o grupo de prefeitos tocantinenses que participam XVI Marcha de Prefeitos à Brasília. O encontro foi durante a reunião promovida pela bancada do Estado e também em jantar comemorativo à noite.

Trinta e três prefeitos, além de vereadores e secretários municipais, participaram do evento que segue até esta quinta-feira 11.

Os prefeitos entregaram a pauta prioritária com reivindicações que inclui aumento de 2% no Fundo de Participação dos Municípios, reposição das desonerações de IPI e da CIDE, regulamentação de serviços na lei complementar do ISS, entre outros.

Ao lado do presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), Leonardo Sette Cintra, o senador Ataídes falou com os prefeitos. “Lamento ver vocês saírem de seus municípios para serem enganados pelo Governo Federal. Vocês são uns malabaristas, fazem milagres nas administrações municipais”.

O senador expôs a situação do Governo Federal que teve a folha de pagamento quadruplicada nos últimos 10 anos, além das dívidas externa e interna aumentadas. “Em 2002, gastávamos R$ 64 bilhões com pessoal, hoje são R$ 215 bilhões. A dívida interna era de R$ 641 bilhões e hoje beira os R$ 2,2 trilhões. E a dívida externa, que Lula disse que tinha liquidado, atualmente, se aproxima de R$ 200 bilhões. Vocês têm que saber a real situação do País”.

Ataídes disse ainda que o Governo do Tocantins também está com problemas com excesso de pessoal, são quase 15 mil funcionários comissionados e terceirizados com  21 secretarias e 19 autarquias. “Nosso Estado está inchado. A situação do Tocantins é caótica”. Na oportunidade aconselhou os prefeitos: “O momento é de competência para administrar. Vocês têm que combater a corrupção e cortar gastos. Sabemos das dificuldades e estamos prontos para ajudar. Podem contar comigo”.