Polí­tica

Foto: Divulgação

O senador e coordenador da bancada do Tocantins, Vicentinho Alves será o novo presidente do PR no Tocantins. O senador João Ribeiro deixará o cargo num momento em que ainda se recupera de um tratamento médico ao qual foi submetido inclusive a um transplante de medula. Assumir o comando do PR é o primeiro passo de Vicentinho rumo à consolidação da sua candidatura ao Palácio Araguaia. O senador portuense já começa a costurar apoio de alguns partidos.

Em entrevista ao Conexão Tocantins o senador Vicentinho afirmou que está na fase de reestruturação da legenda e que o prazo de 60 dias para levantar nomes para disputar nas proporcionais já está chegando ao fim. É preciso ainda reorganizar as comissões do partido. Vicentinho conta que encaminhou o nome de todos os políticos eleitos do partido para  a nacional e que o nome dele é indicado para a presidência da legenda. “Se eu vir a assumir será um prazer”, frisou. São 17 nomes na lista.

O senador frisou que não há nada contra Ribeiro e que a intenção é aproveitar o prazo que ainda falta para reestruturar a legenda no Tocantins. “Não é nada contra o senador João. Ou o partido fecha as portas ou o partido anda”, frisou. A direção nacional vai conversar com Ribeiro nesta quinta-feira, 11, sobre a substituição no comando, segundo informou Vicentinho.

Questionado sobre em qual grupo pretende construir sua candidatura o senador disse que terá apoio dos dois lados. “Ela (a candidatura) não é nem de um nem de outro, terei apoio dos dois lados. Depois de 25 anos de mandato não posso ser instrumento de A contra B”, frisou.

Com Vicentinho à frente do PR, partido que está na oposição ao governo estadual, o governo passa a contar apenas com o apoio da senadora Kátia Abreu (PSD), já que Ataídes Oliveira (PSDB) e Vicentinho estão afastados da atual gestão de Siqueira Campos.

O PR é um dos partidos que já foi procurado pelo PP para integrar aliança com a legenda e também com o PT no Estado numa proposta de candidatura pela oposição. Com Vicentinho à frente da legenda aumentam as chances do partido se alinhar com a atual gestão do prefeito Carlos Amastha em Palmas.

Assessoria do senador João Ribeiro

A assessoria do senador João Ribeiro, até o momento presidente estadual do PR, entretanto, informou por meio de nota, que, o senador após conversa telefônica mantida com o presidente nacional do partido, senador Alfredo Nascimento, detectou que não existe no âmbito da agremiação partidária nenhum tipo de discussão aberta quanto à uma possível renovação no Comando do PR no Estado do Tocantins. Confira abaixo, na íntegra, a nota da assessoria do senador João Ribeiro.

Nota à imprensa

Com relação à notícia divulgada por setores da imprensa tocantinense na tarde desta quarta-feira (10/7) o senador João Ribeiro, presidente regional do Partido da República, no Tocantins, tem a declarar o que segue:

1.    Após conversa telefônica mantida com o presidente nacional do partido, senador Alfredo Nascimento, detectou-se que não existe no âmbito da agremiação partidária nenhum tipo de discussão aberta quanto à uma possível renovação no Comando do PR no Estado do Tocantins.

2.    O senador João Ribeiro reafirma o seu compromisso como dirigente partidário de fortalecer o PR no Estado do Tocantins e prepará-lo para os embates eleitorais do próximo ano, pautado pela ética, pelo respeito aos companheiros e pela camaradagem solidária que deve pautar a relação entre correligionários que se irmanam num projeto político-partidário.

3.    Como presidente do PR, mesmo afastado para tratamento de saúde, o senador João Ribeiro informa ainda que tem estabelecido diversos contatos de suma importância que resultarão na adesão de lideranças expressivas ao partido. Assim que retomar suas atividades no Senado Federal no início do mês de agosto, esses nomes serão amplamente divulgados e integrarão a caravana que percorrerá todo o Estado do Tocantins na realização dos Encontros Regionais Republicanos.

4.    Por último o senador João Ribeiro declara que todo e qualquer filiado que pleiteia disputar cargo eletivo em 2014, seja ele de que natureza for, encontrará apoio do partido para de forma democrática, fraterna e amparada pela ampla discussão interna colocar-se no seio do debate, não existindo, a priori, veto a quem quer que seja.

Assessoria de Comunicação do Senador João Ribeiro – Presidente Regional do PR-Tocantins

(Matéria atualizada às 19h36)