Palmas

Foto: Divulgação

Serviço que vem facilitando a solução de acidentes de trânsito em Palmas, a Justiça Móvel agiliza o processo e viabiliza o acordo entre as partes envolvidas no imbróglio. Na capital, dois conciliadores trabalham em parceria com a Polícia Militar para atender os envolvidos em acidentes, desde que não hajam feridos ou envolvam carros oficiais. Desde fevereiro deste ano, a van da justiça móvel já atendeu a 115 acidentes de trânsito em Palmas, sendo encontrada a soluça para pelo menos 90% dos casos.

O serviço disponibilizado pelo Tribunal de Justiça do Tocantins é gratuito e, de acordo com a conciliadora Rosângela Parreira da Cruz, agiliza um processo que pode levar de um a dois anos, se for encaminhado para o juizado especial. Através da Justiça Móvel, o problema é resolvido em até 10 dias, caso haja acordo entre as partes. “É uma economia. A pessoa não vai gastar com advogado, não tem que acionar a Justiça. Enfim, ela economiza tempo e dinheiro”, frisou.

Conforme a conciliadora, o grande fator facilitador da Justiça Móvel é o atendimento imediato aos envolvidos no acidente de trânsito. De acordo com Rosângela, após o atendimento no local do acidente, é lavrado um documento onde as partes entram em acordo sobre o pagamento dos prejuízos. Os envolvidos têm até 10 dias para fazer um orçamento do conserto do veículo e devem, na presença da conciliadora, definir o melhor preço a ser pago pela pessoa considerada culpada pelo acidente.   “Estes processos são geralmente encaminhados para o juizado especial e isso levaria de um a dois anos, uma situação que pode ser resolvida na hora”, completou.

Para os envolvidos em pequenos acidentes, a Justiça Móvel facilita a solução dos problemas e agiliza o pagamento dos prejuízos. “O atendimento é bom e agilizou um processo que iria durar anos, talvez”, pontuou o auxiliar administrativo Jony Silva Santos.

Já o psicólogo Raylon Mendes Maciel, frisou que o atendimento da Justiça Móvel foi feito à contento. O processo dele ainda está em andamento, mas mesmo assim se mostrou satisfeito com o serviço. “O atendimento, no primeiro contato foi efetivo. Foi rápido, e agilizou a solução do problema”, destacou.

Atendimento humanizado

O atendimento da Justiça Móvel é feito a partir da ligação para o serviço, no número 159, ou pelo acionamento da Polícia Militar, no 190. O departamento da Justiça Móvel funciona de 7h30 às 19h30. No local do acidente, a conciliadora e os policiais que acompanham o caso são preparados para acalmar os envolvidos e oferecer aconselhamento sobre a melhor maneira de chegar a um acordo que beneficie as duas partes. “Neste ponto, a parceria da Polícia Militar tem sido fundamental. Geralmente as pessoas estão nervosas por conta do acidente e nós as ajudamos a se acalmar e conversar”, completou a conciliadora.